sicnot

Perfil

Mundo

Três mortos e 40 feridos no leste da Turquia em atentado atribuído ao PKK

Três pessoas morreram e 40 ficaram feridas hoje em Van, leste da Turquia, num atentado com uma viatura armadilhada atribuído a combatentes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), disse um responsável local.

O atentado visava uma esquadra da polícia em Ipekyolu, um bairro no centro da cidade de Van, disse Mehmet Parlak, um responsável do governo local, citado pela agência de notícias Anadolu.

Mehmet Parlak atribuiu o atentado ao "grupo terrorista regional", designação pela qual as autoridades referem o PKK, organização rebelde curda ilegal.

Na segunda-feira, quatro polícias turcos e dois civis, entre os quais uma criança, morreram num atentado com uma viatura armadilhada perto de Diyarbakir (sudeste), atribuído a combatentes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

Este atentado tinha ocorrido cinco dias depois de dois ataques à bomba simultâneos no sudeste da Turquia, atribuídos ao PKK, que causaram pelo menos oito mortos, na maioria civis.

Nos últimos meses, o Governo realizou operações militares contra o PKK para afastar os combatentes curdos de zonas urbanas. O conflito, que recomeçou o ano passado após dois anos e meio de tréguas, já fez mais de 40.000 mortos desde o início da rebelião curda em 1984.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.