sicnot

Perfil

Mundo

Três mortos e 40 feridos no leste da Turquia em atentado atribuído ao PKK

Três pessoas morreram e 40 ficaram feridas hoje em Van, leste da Turquia, num atentado com uma viatura armadilhada atribuído a combatentes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), disse um responsável local.

O atentado visava uma esquadra da polícia em Ipekyolu, um bairro no centro da cidade de Van, disse Mehmet Parlak, um responsável do governo local, citado pela agência de notícias Anadolu.

Mehmet Parlak atribuiu o atentado ao "grupo terrorista regional", designação pela qual as autoridades referem o PKK, organização rebelde curda ilegal.

Na segunda-feira, quatro polícias turcos e dois civis, entre os quais uma criança, morreram num atentado com uma viatura armadilhada perto de Diyarbakir (sudeste), atribuído a combatentes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

Este atentado tinha ocorrido cinco dias depois de dois ataques à bomba simultâneos no sudeste da Turquia, atribuídos ao PKK, que causaram pelo menos oito mortos, na maioria civis.

Nos últimos meses, o Governo realizou operações militares contra o PKK para afastar os combatentes curdos de zonas urbanas. O conflito, que recomeçou o ano passado após dois anos e meio de tréguas, já fez mais de 40.000 mortos desde o início da rebelião curda em 1984.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.