sicnot

Perfil

Mundo

Detidos 73 catedráticos, emitidos 146 mandados de captura na Turquia

© Alkis Konstantinidis / Reuter

A polícia turca deteve hoje provisoriamente 73 catedráticos, em Istambul e Konya (centro), por alegadas ligações , noticiaram hoje 'media' locais.

O ministério público turco emitiu 146 mandados de captura, 84 para catedráticos em Konya e 62 para professores da universidade de Istambul.

Até ao momento, 44 catedráticos da universidade de Istambul foram detidos provisoriamente e 29 em Konya, no âmbito desta operação realizada em 17 províncias do país, de acordo com as agências noticiosas turcas Anadolu e Dogan.

A polícia efetuou buscas aos gabinetes dos suspeitos no 'campus' universitário de Istambul e também às suas residências.

O antigo reitor da universidade Selcuk de Konya, o professor Hakki Gokbel, integra a lista dos procuradores turcos, acrescentou a Dogan. A cidade de Konya é um bastião do partido no poder, AKP (Partido da Justiça e Desenvolvimento, islamita conservador).

As autoridades turcas lançaram uma purga, na sequência da tentativa de golpe de Estado de 15 de julho, para afastar e deter apoiantes do movimento de Gulen em cargos na função pública, forças armadas, magistratura, no sistema de ensino e empresas. A operação tem suscitado fortes protestos no estrangeiro.

Gulen, de 75 anos, nega qualquer envolvimento na tentativa de golpe de Estado.

As autoridades turcas tentam assim cortar as fontes de financiamento da rede de Gulen, inimigo "número um" do Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan. Gulen vive desde 1999 nos Estados Unidos e Ancara exige com frequência a sua extradição.

Mais de cinco mil funcionários foram demitidos e 80 mil suspensos, anunciou na quarta-feira o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim. Vinte mil pessoas foram acusadas e detidas, acrescentou.

De acordo com a Dogan, a brigada financeira do governo turco começou a investigar mais 18 responsáveis ou proprietários de empresas em Istambul, coração económico da Turquia, suspeitos de financiar a rede Gulen.

Na quinta-feira, esta operação de "limpeza" atacou os conglomerados com um volume total de negócios inferior a três mil milhões de dólares e uma importante confederação patronal, Tuskon, de acordo com a imprensa turca.

Pelo menos 65 empresários estão detidos provisoriamente, mas as autoridades procuram 205 suspeitos.

Omer Faruk Kavurmaci, genro do presidente da câmara de Istambul, Kadir Topbas, do AKP, encontra-se entre as pessoas interrogadas pela justiça turca.

Na rede social Twitter, Kadir Topbas afirmou que "se as acusações forem verdadeiras, Kavurmaci deve sofrer as consequências e ser castigado".

Lusa

  • Chamas passaram por cima da A23
    1:06

    País

    A A23 esteve cortada ao longo do dia por causa do fumo e das chamas. Em direto para a SIC Notícias, perto das 18h30, os repórteres da SIC presenciaram o momento em que o fogo passou por cima da autoestrada da Beira Interior.

  • Várias povoações evacuadas no concelho de Nisa

    País

    Várias povoações do concelho de Nisa, no distrito de Portalegre, foram esta quarta-feira à noite evacuadas, devido à ameaça do incêndio que lavra no concelho, disse à agência Lusa a presidente do município, Idalina Trindade.

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14