sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 17.000 bombeiros combatem fogos nos EUA

Pelo menos 17.000 bombeiros combatiam esta sexta-feira 30 grandes incêndios que queimavam dezenas de hectares de floresta e destruíram centenas de edifícios em vários estados norte-americanos, particularmente na Califórnia.

Só na quinta-feira, 31 incêndios devastaram 162.000 hectares em 10 estados, incluindo sete na Califórnia e seis em Idaho, segundo a página do Centro Nacional de Interagências contra Incêndios (NIFC, sigla em inglês).

Na Califórnia, o incêndio em Blue Cut nas montanhas da floresta nacional de Los Angeles e nas colinas de San Bernardino, a uma centena de quilómetros de Los Angeles, destruiu 15.000 hectares de vegetação em três dias.

O incêndio obrigou à retirada de 82.500 pessoas, destruiu 96 casas e 213 edifícios, entre os quais o célebre Summit Inn, um motel restaurante dos anos 50 onde Elvis Presley era cliente.

As autoridades estimam que 34.500 edifícios foram ameaçados pelas chamas.

Não há relatos de vítimas, mas cães farejadores estão a trabalhar com os bombeiros para detetar eventuais cadáveres nas estruturas queimadas.

Mais a norte da Califórnia, outros incêndios consumiram florestas em Santa Barbara, San Luis Obispo e a região turística de Big Sur, onde o fogo queimou 32.400 hectares.

Pelo menos 1.000 casas foram destruídas e sete pessoas perderam a vida desde o início do ano por causa de incêndios.

Apesar de um aumento da intensidade de incêndios nos Estados Unidos nas últimas semanas, a época dos fogos está a ser, até ao momento, a menos destrutiva dos últimos anos.

No mesmo período de 2015, já tinham ardido nos Estados Unidos 3 milhões de hectares de florestas, contra os 1,6 milhões registados este ano.

Lusa

  • Mais de 30 mil casas evacuadas devido ao fogo na Califórnia
    1:40

    Mundo

    O grande incêndio que dura há três dias na Califórnia, nos EUA, e que já obrigou mais de 80 mil pessoas a abandonarem as casas, ainda está por controlar. Mais de 30 mil casas tiveram de ser evacuadas. A situação em San Bernardino é uma das mais complicadas e envolve mais de 1.500 bombeiros no combate às chamas.

  • Marcelo e Costa unidos contra contagem do tempo integral de serviço
    2:45

    País

    Em menos de 24 horas, o Presidente da República e o primeiro-ministro deram publicamente sinais de que estão unidos contra a contagem de todo o tempo de serviço de professores e outros agentes do Estado para efeitos salariais. Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa disseram que essa possibilidade é uma ilusão e que o país não tem condições para voltar aos níveis anteriores à crise.

  • Estudante português desaparecido no mar Báltico

    País

    Um jovem português de 21 anos desapareceu na segunda-feira, dia 13 de novembro, enquanto fazia uma viagem de cruzeiro entre a cidade finlandesa de Helsínquia e a capital da Suécia, Estocolmo. As autoridades locais fizeram buscas na madrugada em que Diogo Penalva caiu ao mar Báltico, por volta das duas da manhã.

  • Paris inaugura primeiro restaurante naturista

    Mundo

    Para entrar, é preciso retirar a roupa e apenas as mulheres podem permanecer calçadas. O primeiro restaurante naturista de Paris abriu em novembro para responder a uma necessidade em França, principal destino do mundo para os praticantes de nudismo.

  • Político indiano oferece 1,3 milhões por decapitação de atriz

    Mundo

    Deepika Padukone é uma das personagens principais do filme que retrata a relação entre uma rainha hindu e um governante muçulmano. O filme enfureceu um político do Governo indiano, que ofereceu 1,3 milhões de euros como recompensa a quem decapitasse a atriz. A polícia já destacou agentes para proteger a atriz, bem como a sua família.