sicnot

Perfil

Mundo

Putin visita a Crimeia em momento de elevada tensão com a Ucrânia

Presidente da Rússia, Vladimir Putin

© POOL New / Reuters

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, chegou hoje à Crimeia para uma visita que se realiza numa altura de elevada tensão, com Moscovo a acusar a Ucrânia de tentar uma incursão armada na península anexada em 2014.


Na Crimeia, que visita pela quinta vez desde a anexação, Putin tem previsto reunir-se com o conselho de segurança local e visitar um fórum de juventude, segundo as agências russas.

A tensão entre Moscovo e Kiev acentuou-se na última semana, depois de a Rússia ter acusado a Ucrânia de preparar "ataques terroristas" na Crimeia.

A Ucrânia negou as acusações e acusou a Rússia de utilizar "pretextos para novas ameaças militares", ordenando a colocação das suas Forças Armadas em estado de alerta ao longo da linha de demarcação com a península do Mar Negro e da fronteira com a Rússia.

Lusa

  • PR da Ucrânia alerta para possível invasão russa
    0:19

    Mundo

    O Presidente ucraniano admite introduzir a lei marcial caso se intensifiquem os combates entre os forças governamentais e rebeldes pró-russos. As declarações de Petro Poroshenko foram feitas à margem de uma homenagem a militares no país.

  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27
  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.