sicnot

Perfil

Mundo

Satélite quântico chinês envia os primeiros dados para a Terra

Reuters

O "Micio", o primeiro satélite de telecomunicação quântica do mundo, já enviou os seus primeiros dados para o centro de controlo, em Pequim, avançou hoje a agência oficial chinesa Xinhua.

Estes dados preliminares, com 202 megabytes e de "boa qualidade", foram recebidos às 11:56 (04:56 em Lisboa), pela estação de controlo remoto que o programa espacial chinês tem na localidade de Miyun, no norte de Pequim.

A principal missão do satélite é tentar transmitir à Terra e receber a partir desta fotões quânticos, que em teoria não podem ser separados ou duplicados, o que pode ser a base para uma comunicação blindada a "hackers".

A China planeia construir, a curto prazo, uma rede de comunicação quântica de 2.000 quilómetros, entre Pequim e Xangai, as duas principais metrópoles do país, para ser usada por agências governamentais e bancos.

O satélite, batizado em homenagem ao cientista e ótico da China Antiga, que há 2.500 anos inventou a primeira câmara escura, foi lançado na terça-feira, a partir do centro de lançamento de Jiuquan, no deserto de Gobi, noroeste da China.

O programa espacial chinês tem recebido grande apoio financeiro de Pequim, enquanto o 13.º plano quinquenal define a tecnologia quântica como umas das principais áreas principais para pesquisa.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47