sicnot

Perfil

Mundo

Irão recebe encomenda de mísseis russos vetada em 2007

O ministro da Defesa iraniano, Hoseein Dehgán, confirmou este sábado que o país já recebeu a totalidade dos mísseis antiaéreos russos S-300, através de um contrato bilateral muito criticado pelos Estados Unidos da América, Israel e Arábia Saudita.

Em 2007, a Rússia e o Irão celebraram um contrato de 800 milhões de dólares para a venda de pelo menos cinco baterias de mísseis S-300, um dos modelos mais avançados do mundo, o que foi considerado uma ameaça por países como a Arábia Saudita e Israel.

Contudo, em 2010, o então Presidente russo, Dmitri Medvedev, vetou a entrega daquele material militar ao Irão no quadro das sanções impostas contra o país devido ao seu programa nuclear.

Em abril passado, o Presidente russo, Vladimir Putin, eliminou o veto e prometeu entregar os mísseis ao Irão, muito embora com uma renegociação do contrato e o levantamento da ação que Teerão pusera no Tribunal Arbitral Internacional por suspensão do dito acordo.

Os S-300, análogos aos mísseis "Patriot" norte-americanos, têm um alcance até 200 quilómetros, permitindo ao Irão contar em breve com um escudo antimísseis invulnerável para defender as suas infraestruturas vitais, face a um eventual ataque externo.

Segundo a agência oficial iraniana de notícias, IRNA, Dehgán afirmou, paralelamente, que o Irão é autossuficiente na questão das armas ligeiras e individuais e tem capacidade de produção, não estando dependente de países estrangeiros.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a lider da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleiçoes em vários países, como a Alemanha e a Holanda.