sicnot

Perfil

Mundo

EUA dizem que ataque na Turquia foi um ato "bárbaro, cínico e cobarde"

© Osman Orsal / Reuters

Os Estados Unidos da América condenaram este domingo o ataque suicida na Turquia, que fez pelo menos 51 mortos.

A Casa Branca considera que foi um "ato bárbaro, cínico e cobarde". O vice-presidente Joe Biden desloca-se na próxima semana a Ancara, onde vai discutir a luta contra o terrorismo.

O ataque ainda não foi reivindicado. Contudo, o Presidente turco já atribuiu a responsabilidade ao Daesh.

A tragédia na Turquia teve como alvo uma festa de casamento num bairro de maioria curda. São precisamente as forças curdas que mais luta têm dado no terreno aos avanços do Daesh na Síria.

  • Germano Almeida vence Prémio Camões

    Cultura

    O escritor cabo-verdiano Germano Almeida é o vencedor do Prémio Camões 2018, foi esta segunda-feira anunciado, no Hotel Tivoli, em Lisboa, após reunião do júri.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

  • E agora, Sporting? Semana de decisões e incertezas
    2:53
  • "Para primeiro dia de pesca da sardinha, não foi mau"
    2:19
  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29

    País

    José Sócrates garantiu este domingo que não atacará o PS e que continua a ser socialista. O antigo primeiro-ministro participou num almoço de apoio, em Lisboa, com cerca de 100 pessoas, a maioria anónimos.