sicnot

Perfil

Mundo

Militantes LGBT exigiram justiça pela morte de transexual na Turquia

CEM TURKEL

Cerca de 200 militantes da causa transgénero manifestaram-se este domingo em Istambul para exigir justiça após a bárbara morte de uma transexual no início do mês.

O corpo de Hande Kader, transexual prostituta de 22 anos, foi encontrado mutilado e queimado, num bairro chique de Istambul, uma semana após ter sido vista pela última vez a entrar na viatura de um cliente.

Militante ativa da causa LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgéneros), Hande Kader transformou-se num ícone da comunidade após enfrentar a polícia com canhões de água e balas de borracha quando tentava impedir a marcha do Orgulho Gay, em junho de 2015.

"Justiça para Hande Kader" ou "Lutemos pela nossa sobrevivência" foram palavras de ordem dos manifestantes que percorreram uma artéria central de Istiktal, observados pela polícia que não interveio.

CEM TURKEL

"Iremos lutar até que seja encontrado o responsável pela morte de Hande Kader", declarou um transexual responsável pela comunidade LGBT em Istanbul.

Um outro transexual leu um comunicado explicando que "as mortes dos transexuais são políticas, os responsáveis são aqueles que defendem um sistema +hetero-normal+" e "o sistema educativo conservador que não nos leva em consideração".

Cerca de 40 transexuais foram mortos na Turquia desde 2008, segundo as associações LGBT.

Lusa

  • Costa preparado para falar da renegociação da dívida no plano europeu
    2:24

    País

    O primeiro-ministro não quer quebrar com as regras impostas pela UE e não vai dar o primeiro passo na renegociação da dívida, mas estará na linha da frente quando Bruxelas ceder. Em entrevista à RTP, António Costa garante que o Governo cumpriu tudo aquilo que acordou com o presidente demissionário da Caixa Geral de Depósitos, António Domingues.

  • Nova Deli é "altamente tóxica" para os cidadãos

    Mundo

    Nova Deli foi considerada altamente tóxica para os cidadãos. A capital da Índia é considerada há mais de três anos a cidade mais poluída do mundo, mas só este ano se concluiu que é tão tóxica que é capaz de provocar doenças crónicas a quem lá vive.