sicnot

Perfil

Mundo

Sobe para 50 o número de mortos em ataque suicida na Turquia

Daesh apontado como o responsável pelo atentado em Gaziantep na Turquia

© Osman Orsal / Reuters

O gabinete do governador da província turca de Gaziantep, Ali Yerlikaya, anunciou hoje que o número de mortos causados pelo atentado num casamento perto da fronteira síria subiu para 50, com a presidência a responsabilizar o Estado Islâmico.


Em comunicado, o gabinete de Yerlikaya declarou que "o número dos mortos nos atentados terroristas é, neste momento, 50", elevando o balanço anterior que dava conta de 30 vítimas mortais.

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, já afirmou que o ataque foi provavelmente levado a cabo pelo Estado Islâmico, acrescentando, citado pela Al-Jazeera, que a Turquia tem uma mensagem para os atacantes: "Não serão bem-sucedidos".

"Condenamos os traidores que organizaram e levaram a cabo este ataque", afirmou o governador da província num comunicado anterior, acrescentando que os responsáveis seriam "levados à justiça".

Mehmet Erdogan, deputado do Partido Justiça e Desenvolvimento (AKP, islâmico e conservador, no poder) disse que não era claro quem tinha sido o autor do ataque, mas que havia uma "elevada possibilidade" de se tratar de um ataque suicida.

O deputado acrescentou que era o tipo de atentado que podia ter sido perpetrado pelo grupo Estado Islâmico ou pelo Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

A explosão ocorreu no distrito de Sahinbey, com um elevado número de residentes curdos.

Segundo informações citadas pela AFP, o casamento tinha uma forte presença curda.

Lusa

  • Vários mortos em explosão na Turquia
    0:37

    Mundo

    As agências internacionais de notícias e também a BBC adiantam que há vários mortos e a Reuters fala em pelo menos oito mortos e 60 feridos. O alegado bombista suicida fez-se explodir numa festa de casamento na cidade de Gaziantep, perto da fronteira com a Síria. Pela proximidade, os primeiros relatos sugerem que possa ter ligações ao grupo jihadista.

  • O resgate dos passageiros do naufrágio em Cascais
    1:48
  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC