sicnot

Perfil

Mundo

Centenas de voos cancelados no Japão devido a aproximação de tufão

A previsão de fortes ventos e chuva, devido à chegada de um tufão ao Japão, que se prevê atingir hoje Tóquio, já levou ao cancelamento de quase 400 voos.

Espera-se que o tufão Mindulle toque terra pelo meio-dia (hora local), movendo-se depois da capital japonesa para a região norte de Tohoku, segundo a Agência Meteorológica do Japão.

Com rajadas até 180 quilómetros por hora, a tempestade dirigia-se esta manhã para norte, a 25 quilómetros por hora, vinda da ilha de Miyake, indicou a agência.

Não há ainda registo de vítimas ou danos significativos em Miyake, uma ilha com cerca de 2.600 habitantes, conhecida pela pesca, turismo e agricultura.

"Em Tóquio (...) por favor tenha cuidado com os deslizamentos de terras, cheias nas zonas baixas, transbordo de rios, ventos violentos e ondas altas", aconselhou a agência meteorológica.

A tempestade levou companhias aéreas de todo o país a cancelar um total de 387 voos, a maioria de e para o aeroporto Haneda, em Tóquio, segundo a emissora nacional NHK.

A Japan Airlines anunciou o cancelamento de 145 voos domésticos, afetando 26.910 passageiros, enquanto a All Nippon Airways cancelou 96 voos domésticos, envolvendo 21.300 passageiros.

Os principais serviços de comboio em Tóquio e região circundante operaram normalmente durante a manhã, incluindo os de alta velocidade, de acordo com a East Japan Railway, o maior operador ferroviário da região.

Lusa

  • Lixo, para que te quero?
    23:17
  • Tuk-tuk em protesto oferecem hoje passeios gratuitos em Lisboa

    País

    A Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos (APECATE) promove hoje a iniciativa "Cá vai Lisboa", com passeios gratuitos de tuk-tuk, para alertar a população para a "problemática" regulamentação municipal deste tipo de veículos.

  • Ricardo Robles apresentado como candidato do BE a Lisboa
    1:31

    Autárquicas 2017

    Ricardo Robles foi formalmente apresentado este sábado como candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Lisboa. No encerramento da convenção autárquica do partido, Catarina Martins fez críticas ao Governo, dizendo que o projeto de descentralização do Executivo é perigoso e ameaça a democracia.

  • Pavilhão Carlos Lopes esteve encerrado durante 14 anos
    2:27