sicnot

Perfil

Mundo

Governo alemão analisa reintrodução do serviço militar obrigatório

O novo conceito de defesa civil alemão, que inclui a possibilidade de reintrodução do serviço militar obrigatório em circunstância especiais, vai ser analisado na quarta-feira pelo Conselho de Ministros do governo de Berlim.

De acordo com a imprensa alemã, o plano elaborado pelo Ministério do Interior sugere a reativação do serviço militar obrigatório em circunstâncias extraordinárias.

A medida refere também o "apoio às forças de combate" por parte de civis, no caso de a Alemanha, no quadro da NATO, ser obrigada a defender as fronteiras nacionais.

Nesse sentido, a iniciativa do Ministério do Interior contempla a obrigação por parte da população civil de apoio às Forças Armadas em questões de logística, que podem incluir o uso de viaturas e cedência de combustível.

O novo conceito de defesa civil inclui igualmente a colaboração obrigatória de empresas privadas na construção de infraestruturas consideradas fundamentais pelos militares, caso venha a ser necessário.

O governo alemão eliminou o serviço militar obrigatório em julho de 2011, pondo fim a uma medida que se prolongava há 55 anos, porque não considerava essencial para o Exército ou para questões relacionadas com a segurança nacional.

O governo alemão pretende atualizar o conceito de defesa civil apenas um mês depois dos ataques extremistas que se registaram no país e que provocaram mais de duas dezenas de feridos e a morte dos atacantes.

Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de três armas da PSP, recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avança hoje que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Casal português com protesto semelhante ao do filme "Três Cartazes à Beira da Estrada"
    3:23
  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07