sicnot

Perfil

Mundo

Líder do grupo radical Boko Haram ferido num ataque aéreo

​O exército nigeriano anunciou hoje que o líder do Boko Haram, Abubakar Shekau, tinha ficado seriamente ferido e que vários comandantes do grupo extremista tinham sido mortos num ataque aéreo ao seu bastião no nordeste da Nigéria.

Abubakar Shekau, cuja liderança do Boko Haram foi recentemente posta em causa, ficou "gravemente ferido" num ataque aéreo na sexta-feira à floresta de Sambisa, indicou um porta-voz do exército nigeriano, Sani Usman, num comunicado.

Três comandantes do Boko Haram -- Abubakar Mubi, Malam Nuhu e Malam Hamman -- foram mortos e vários outros ficaram feridos, adiantou Sani Usman.

O exército nigeriano já anunciou a morte de Abubakar Shekau por diversas vezes, mas o esquivo líder do Boko Haram reaparece regularmente em vídeos do grupo 'jihadista'.

No início de agosto, o grupo extremista Estado Islâmico, ao qual Abubakar Shekau jurou lealdade em março, teria designado como novo líder do Boko Haram o antigo porta-voz do movimento Abu Musab al-Barnawi. Uma semana mais tarde, Abubakar Shekau reafirmava a sua liderança através de um vídeo.

O anúncio do exército ocorre numa altura em que o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, se encontra na região para abordar, entre outras, a questão da luta contra o Boko Haram, cuja rebelião já causou mais de 20.000 mortos e 2,6 milhões de deslocados desde 2009.

Lusa

  • Trabalhos no viaduto terminaram, mas trânsito continua condicionado em Alcântara
    1:23

    País

    Não há, para já, previsão para o restabelecimento da normalidade em Alcântara. Os trabalhos para colocar o viaduto de Alcântara na posição correta, depois do desvio registado num pilar, decorreram esta madrugada. O trânsito mantém-se por isso condicionado no sentido Cascais-Lisboa, como explicou o repórter da SIC, Paulo Varanda.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.