sicnot

Perfil

Mundo

Ofensiva iraquiana pretende recuperar Mossul

​As forças iraquianas lançaram hoje uma ofensiva militar para recuperar Al-Qayara e Mossul, principal bastião 'jihadista' no país, e a ONU prepara-se para um "deslocamento em massa" de habitantes da cidade, a segunda maior do Iraque.

Um porta-voz do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR), Adrian Edwards, disse à imprensa em Genebra que a organização não sabe ao certo quantas pessoas vivem atualmente em Mossul, mas que estima que "até 1,2 milhões de pessoas podem ser afetadas".

O exército iraquiano, que em junho recuperou Fallujah, a oeste de Bagdad, tem agora por objetivo retomar Mossul, "capital" do grupo extremista Estado Islâmico no Iraque.

Na madrugada de hoje, forças especiais apoiadas por aviões da coligação internacional anti-'jihadista' lançaram uma operação para recuperar Qayarah, na margem ocidental do rio Tigre e a cerca de 60 quilómetros a sul de Mossul, de onde poderão lançar a ofensiva contra Mossul.

"O ACNUR faz o que pode [...] para construir novos campos para acolher as pessoas e aliviar o seu sofrimento, mas precisamos de fundos e de novos terrenos para campos", disse o porta-voz.

Até agosto, o pedido de 584 milhões de dólares (515 milhões de euros) feito pelo ACNUR no início do ano apenas tinha sido coberto em 38%.

De momento, a ONU tem abrigos de emergência para 120.000 pessoas no norte do Iraque, estando a aumentar alguns campos existentes e a construir novos.

Segundo estimativas do ACNUR, cerca de 400.000 pessoas podem fugir para sul de Mossul, 250.000 para leste e 100.000 para noroeste, em direção à fronteira síria.

Esses deslocados juntam-se aos 3,38 milhões de iraquianos deslocados desde janeiro de 2014 pela violência no país.

Lusa

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • Sérgio Conceição no radar do FC Porto

    Desporto

    O treinador português e os seus representantes têm marcada para esta sexta-feira uma reunião decisiva com o FC Porto. Sérgio Conceição poderá ser o sucessor de Nuno Espírito Santo no comando técnico dos dragões.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Projeto Abem dá medicamentos grátis a 2.500 pessoas
    12:53
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Nove suspeitos do ataque de Manchester têm entre 18 e 38 anos
    1:02
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.

  • Roteiro de sugestões para o fim de semana
    13:00
    Se7e

    Se7e

    6ª feira no Jornal da Noite

    Todas as sextas-feiras há uma rubrica de lifestyle no Jornal da Noite. Se7e mostra o melhor do país, numa parceria SIC/Visão. Um roteiro de sugestões para o fim de semana, com os novos restaurantes e hotéis, as lojas da moda, os bares e as esplanadas.