sicnot

Perfil

Mundo

Pinguim rei condecorado com a mais elevada honra militar da Noruega

Nils Olav é um pinguim, rei residente e membro honorário da Guarda Real da Noruega. Nos últimos dias, foi condecorado com um um novo título: Brigadeiro Sir Nils Olav.

O pinguim vive no Jardim Zoológico de Edimburgo, na Escócia, e é a mascote oficial da Guarda Real Norueguesa.

A história das várias condecorações remonta a 1972, quando a Guarda Real norueguesa se encontrava em Edimburgo para uma parada militar. Nessa altura, adotaram o primeiro Nils Olav - que acabou por morrer em 1987 -, o irmão do atual Sir Nils Olav. O nome Nils Olav foi dado aos dois pinguins em honra do rei Olav V da Noruega.

Em 1993, foi promovido a Sargento-mor e em 2005 tornou-se Coronel. Em agosto de 2008, Nils Olav recebeu o título de cavaleiro: uma condecoração aprovada e honrada pelo próprio rei Haroldo V da Noruega.

Cerimónia de 1993

Cerimónia de 1993

© Ian Waldie / Reuters

Agora, Sir Nils Olav foi promovido a Brigadeiro numa cerimónia especial no Jardim Zoológico de Edimburgo, que contou com mais de 50 militares noruegueses. O grau de Brigadeiro é a mais elevada honra militar na Noruega.

Barbara Smith, representante da Sociedade Real Zoológica da Escócia, disse ao jornal Metro: "este é um momento de orgulho, que representa a proximidade dos dois países".

O Brigadeiro Sir Nils Olav é assim o pássaro mais graduado do mundo.

Durante a cerimónia, o pinguim aproveitou para inspecionar os militares noruegueses.

Durante a cerimónia, o pinguim aproveitou para inspecionar os militares noruegueses.

© David Moir / Reuters

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, até ao final de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano vão ser contratados novos assistentes de bordo, mas o sindicato diz que não chega.

  • "Um ataque e uma humilhação contra o povo catalão"
    1:35