sicnot

Perfil

Mundo

Relatório de inquérito a armas químicas na Síria divulgado até final de agosto

O inquérito realizado em 2015 por um grupo de peritos da ONU para identificar os responsáveis pelos ataques químicos na Síria foi concluído e o relatório deverá ser divulgado esta semana, informaram esta segunda-feira diplomatas.

O grupo de 24 peritos (Missão de Investigação Conjunta) foi criado em agosto de 2015, após os ataques com gás de cloro contra três aldeias na Síria, que provocaram a morte a 13 pessoas.

A missão foi estabelecida pelas Nações Unidas e pela Organização para a Proibição de Armas Químicas.

No total, os investigadores examinaram nove casos de ataques químicos, a maioria atribuído pelos países ocidentais às forças governamentais sírias.

O relatório final deverá ser entregue até ao fim deste mês ao Conselho de Segurança da ONU, que ameaçou impor sanções aos responsáveis identificados de forma categórica.

Mas a Rússia e a China, que protegem o regime do Presidente sírio, Bashar al-Assad, podem bloquear as sanções.

Paris, Londres e Washington acusam o regime sírio de utilizar armas químicas, mas Moscovo afirma que a oposição síria também as utilizou.

"Esperamos que a missão estabeleça de maneira absolutamente clara que houve ataques químicos na Síria e, caso o consiga provar, quem foi responsável por cada um deles", afirmou o embaixador britânico, Matthew Rycroft.

O representante permanente adjunto de França na ONU, Alexis Lameque, considerou que o Conselho de Segurança deve assumir as suas responsabilidades, independentemente do resultado.

Em junho, a missão divulgou um relatório intercalar no qual referia que ainda não tinha "provas credíveis e de confiança".

O trabalho dos peritos tem sido prejudicado pela insegurança na Síria e depende da boa vontade das autoridades sírias.

Lusa

  • Germano Almeida vence Prémio Camões

    Cultura

    O escritor cabo-verdiano Germano Almeida é o vencedor do Prémio Camões 2018, foi esta segunda-feira anunciado, no Hotel Tivoli, em Lisboa, após reunião do júri.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

  • E agora, Sporting? Semana de decisões e incertezas
    2:53
  • "Para primeiro dia de pesca da sardinha, não foi mau"
    2:19
  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29

    País

    José Sócrates garantiu este domingo que não atacará o PS e que continua a ser socialista. O antigo primeiro-ministro participou num almoço de apoio, em Lisboa, com cerca de 100 pessoas, a maioria anónimos.