sicnot

Perfil

Mundo

Brasil investiga desvio de recursos públicos em confederações desportivas

© Christian Hartmann / Reuters

A Polícia Federal do Brasil efetuou esta quarta-feira uma operação para desarticular um esquema de fraudes em licitações e desvios de recursos públicos do Ministério do Desporto, que envolve confederações desportivas.

Segundo uma nota da Polícia Federal, a Operação Nemeus visa "desarticular uma quadrilha responsável por fraudes em licitações e desvio de recursos públicos cedidos pelo Ministério do Desporto, por meio de convénios, a diversas confederações desportivas".

A operação, na qual participam também o Ministério Público Federal e a Controladoria Geral da União, envolve 16 mandados judiciais em escritórios e residências de pessoas suspeitas de integrarem a quadrilha no Rio de Janeiro, Manaus, Belo Horizonte e Caxias do Sul.

No Rio de Janeiro, segundo a entidade policial, "estão a ser cumpridos oito mandados de busca e apreensão, quatro conduções coercitivas, um mandado de prisão preventiva e também uma notificação judicial de afastamento do presidente da Confederação de Taekwondo (Carlos Fernandes)".

Estão também a ser realizadas diligências nas sedes da Confederação Brasileira de Tiro Desportivo, na Confederação Brasileira de Taekwondo, e em empresas ligadas às fraudes, de acordo com a mesma fonte.

As investigações policiais, iniciadas há cerca de um ano, apontam que "a quadrilha vem fraudando licitações com o uso de documentos falsos, a fim de realizar contratações e aquisições por preços muito acima do mercado".

Lusa

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.