sicnot

Perfil

Mundo

Dois mortos e vários feridos no ataque a universidade em Cabul

Rahmat Gul

O ministro do Interior do país confirmou as várias explosões seguidas de um tiroteio na Universidade Americana de Cabul, no Afeganistão. Pelo menos dois estudantes morreram e mais de 10 ficaram feridos.

Através das redes sociais, os estudantes da universidade descreveram o ataque: vários homens armados entraram no campus e começaram a disparar. As testemunhas dizem que ouviram várias explosões antes do tiroteio começar.

Vários alunos e professores continuam presos dentro do edifício.

Uma fonte da polícia, citada pela agência de notícias espanhola Efe a coberto do anonimato, disse que há pelo menos dois estudantes mortos, ao passo que o porta-voz do Ministério de Saúde Pública afegão, Mahammad Kawisa, confirmou que 12 feridos foram retirados do edifício e transportados para um hospital.

Entretanto, um responsável citado pela agência de notícias francesa AFP indicou que conselheiros militares norte-americanos estão a ajudar os afegãos numa operação para deter os atacantes, que ainda estão dentro da universidade, juntamente com um número indeterminado de estudantes e professores.

O reitor da universidade, Mohammad Sharif Faiz, afirmou que primeiro houve uma explosão e "depois alguns rebeldes entraram na universidade e algumas pessoas foram mortas e feridas".

"Não sabemos o número exato de vítimas", acrescentou, explicando que, neste momento, "todas as ruas que levam à universidade estão cortadas" ao trânsito.

Um porta-voz da polícia, Humayon Aini, precisou que "após a explosão, bombistas suicidas entraram na universidade, onde alguns estudantes estão encurralados".

Aini acrescentou que os suicidas, cujo número se desconhece ainda, prosseguem a troca de tiros com a polícia, que já vedou a zona.

A embaixada dos Estados Unidos em Cabul emitiu um aviso aos seus cidadãos para que evitem aquela zona, através de uma mensagem nas redes sociais em que referiu que o ataque começou às 19:30 locais (16:30 de Lisboa).

Algumas das pessoas que se encontram retidas no edifício enviaram mensagens na rede social Twitter a pedir ajuda.

"Não me matem, sou inocente", escreveu o professor Ahmad F. Samin, rogando ao mesmo tempo: "Que Alá salve todos".

Este ataque acontece depois de, no início deste mês, um grupo de homens armados e não identificados ter sequestrado, em Cabul, dois professores -- um norte-americano e outro australiano -- que trabalham na Universidade Americana do Afeganistão.

O sequestro ocorreu a 7 de agosto perto do estabelecimento privado de ensino superior, quando os professores seguiam num veículo da universidade de regresso a casa.

A universidade iniciou a sua atividade na capital afegã em 2006 e tem, atualmente, mais de 1.700 alunos, de acordo com a sua página na internet.

O Afeganistão vive um período de aumento da violência que fez elevar, este ano, as vítimas civis para números recorde desde que começaram a ser contabilizadas, em 2009.

Com Lusa

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.

  • Feriado no Carnaval e fim das pontes chumbados
    2:15

    País

    Nem o Carnaval vai passar a ser feriado, nem as pontes vão acabar. O PS rejeitou esta quarta-feira no Parlamento uma proposta do PSD para que os feriados a meio da semana sejam gozados na segunda-feira seguinte. Ao mesmo tempo, os socialistas recusaram duas propostas apoiadas pelos partidos de esquerda, para que o Carnaval passasse a ser sempre feriado.

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16