sicnot

Perfil

Mundo

Líder da Coreia do Norte satisfeito com sucesso de disparo de míssil balístico

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, considerou um "enorme sucesso" o disparo de um míssil balístico efetuado na quarta-feira pela Coreia do Norte a partir de um submarino, noticiou a agência oficial KCNA.

Com o disparo, a Coreia do Norte "chegou à vanguarda do poder militar com capacidade de ataque nuclear", afirmou Kim Jong-un, citado pela agência noticiosa norte-coreana.

"Não sei que observações ridículas os Estados Unidos e os seus seguidores vão fazer sobre o teste, mas posso dizer-lhes que os seus atos imprudentes só vão precipitar a sua destruição", salientou Kim Jong-un.

A agência de notícias sul-coreana Yonhap informou, na terça-feira à noite, que o regime de Pyongyang tinha disparado um míssil balístico, a partir de um submarino, que conseguiu percorrer cerca de 500 quilómetros em direção do Japão.

Para os especialistas, tal manobra representa um claro avanço dos programas balísticos norte-coreanos.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, afirmou que o míssil balístico norte-coreano tinha entrado pela primeira vez na zona de identificação aérea do Japão.

As tensões na península coreana começaram a aumentar depois de a Coreia do Norte ter realizado, a 06 de janeiro, o quarto teste nuclear, seguido, em fevereiro, do lançamento de um míssil de longo alcance.

O Conselho de Segurança da ONU reagiu adotando uma resolução no início de março com sanções mais duras contra Pyongyang.

A resolução visou setores específicos da economia norte-coreana e tenta minar o uso pela Coreia do Norte do sistema de transportes internacionais.

Lusa

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.