sicnot

Perfil

Mundo

Míssil lançado pela Coreia do Norte entrou na zona de defesa aérea do Japão

O míssil balístico lançado pela Coreia do Norte, a partir de um submarino, entrou na zona de identificação aérea do Japão pela primeira vez, afirmou hoje o primeiro-ministro, Shinzo Abe.

"Esta é a primeira vez que um míssil da Coreia do Norte foi lançado a partir de um submarino para a zona de identificação aérea do nosso país", disse Abe aos jornalistas, de acordo com a televisão pública NHK.

Shinzo Abe qualificou o ato de "imperdoável", considerando que constitui uma "grave ameaça" para a segurança do Japão e indicou que, apesar de ambos os países não manterem relações diplomáticas, Tóquio apresentou o seu protesto formal a Pyongyang através da sua embaixada em Pequim.

O míssil caiu em águas que correspondem à zona de identificação aérea (ADIZ) - área em que o Estado titular da mesma exige identificação às aeronaves estrangeiras que a atravessem.

Pelo menos um míssil lançado a partir de terra, em março último, tinha atingido já a ADIZ, mas esta foi a primeira vez que tal sucedeu com um disparado a partir do mar, segundo especificou o Ministério da Defesa do Japão à agência noticiosa AFP.

Depois do lançamento, que teve lugar pelas 05:30 (21:30 de terça-feira em Lisboa), o governo japonês confirmou que o projétil não causou danos a navios ou aeronaves na zona.

O míssil foi lançado a partir da costa de Sinpo (província de Hamgyong do Sul), onde o regime norte-coreano tem o seu centro de desenvolvimento de submarinos, e percorreu aproximadamente 500 quilómetros, segundo fontes militares sul-coreanas.

A ser assim, o teste realizado por Pyongyang foi o mais bem-sucedido dos que realizou até à data, colocando em relevo o perigo que o programa armamentístico norte-coreano representa a nível regional e global.

A natureza móvel dos submarinos - tecnologia que Pyongyang poderá dominar, segundo especialistas, nos próximos três a quatro anos - ampliaria em grande medida o alcance do arsenal balístico norte-coreano e tornaria muito mais difícil detetar os seus lançamentos.

O ensaio de hoje coincide com a realização, em Tóquio, de uma cimeira trilateral que reúne os ministros dos Negócios Estrangeiros do Japão, China e Coreia do Sul.

A diplomacia japonesa manifestou o seu desejo de que o lançamento e o programa de mísseis e armas nucleares em geral da Coreia do Norte ocupe parte significativa da agenda do encontro.

Lusa

  • Bruno de Carvalho manda SMS aos jogadores em nome dos jogadores. Confuso?

    Desporto

    De acordo com a imprensa desta manhã, o presidente do Sporting Clube de Portugal terá enviado mensagens escritas aos jogadores com o seguinte texto "Obrigado presidente pelas felicitações. Ainda temos muito para conquistar juntos" e assinou com o nome do jogador a quem enviou a mensagem. Uma aparente reação ao facto de nenhum dos jogadores ter respondido às mensagens escritas por Bruno de Carvalho, com incentivos e elogios antes e depois da vitória do Sporting frente ao Boavista.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • Peixe-galo e batatas rosti, qual o cardápio do encontro entre os líderes das Coreias?

    Mundo

    O menu do encontro entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, já foi dado a conhecer esta terça-feira. Através do site oficial do Governo, Seul anunciou um cardápio com vários pratos típicos da Península da Coreia, como dumplings ao vapor, arroz cultivado na Coreia, carne grelhada, salada fria com polvo, peixe-galo, batatas rosti e sopa fria.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17