sicnot

Perfil

Mundo

Francês que esfaqueou britânicos na Austrália sem ligação a grupos terroristas

As autoridades australianas dizem que não há evidências de radicalização no caso do francês que matou uma britânica em Townsville, no nordeste da Austrália.

A polícia acredita que o homem que gritou "Deus é Grande" durante o ataque não agiu sob influência de qualquer tipo de radicalização.

Na passada terça-feira, duas pessoas foram esfaqueadas, uma acabou por morrer e a outra está internada em estado grave. Ambos são cidadãos britânicos.

De acordo com as autoridades, o atacante é um turista de nacionalidade francesa com autorização legal para estar na Austrália.

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27