sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 11 crianças mortas em ataques do regime a Alepo

© Abdalrhman Ismail / Reuters

Pelo menos 11 crianças e quatro mulheres foram mortas esta quinta-feira por barris de explosivos lançados por helicópteros do regime sírio sobre um bairro rebelde do sul de Alepo, indicou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

"Onze crianças e quatro mulheres perderam a vida devido à queda de barris de explosivos sobre casas de habitação em Bab al-Nayrab", no sul da cidade.

"Duas mulheres e seis crianças eram da mesma família", acrescentou a organização não-governamental.

Mais oito civis, entre os quais duas crianças, foram mortos em bombardeamentos rebeldes sobre bairros controlados pelas autoridades sírias, segundo a mesma fonte.

De acordo com o OSDH, os explosivos atingiram os bairros de Saladino, Al-Zahra, Al-Suleimaniya e Al-Yabriya, entre outros.

O observatório sublinhou ainda que há dezenas de feridos e que o número de vítimas mortais pode aumentar porque há, entre eles, casos graves.

O exército do Presidente sírio, Bashar al-Assad, costuma utilizar este tipo de armamento mortífero e pouco preciso sobre áreas povoadas por civis.

Antiga capital económica da Síria, Alepo está dividida em duas desde julho de 2012, com bairros rebeldes do lado leste e bairros controlados pelo regime no lado ocidental.

Nas últimas semanas, a cidade tem sido palco de combates e bombardeamentos entre as forças leais ao regime e os grupos armados da oposição, que se intensificaram perante a tentativa de ambos os lados de cercar as zonas da cidade nas mãos dos adversários.

Quase 1.400 pessoas morreram e mais de 8.000 ficaram feridas desde o passado dia 22 de abril em Alepo, segundo dados do OSDH.

Lusa

  • Bruno de Carvalho manda SMS aos jogadores em nome dos jogadores. Confuso?

    Desporto

    De acordo com a imprensa desta manhã, o presidente do Sporting Clube de Portugal terá enviado mensagens escritas aos jogadores com o seguinte texto "Obrigado presidente pelas felicitações. Ainda temos muito para conquistar juntos" e assinou com o nome do jogador a quem enviou a mensagem. Uma aparente reação ao facto de nenhum dos jogadores ter respondido às mensagens escritas por Bruno de Carvalho, com incentivos e elogios antes e depois da vitória do Sporting frente ao Boavista.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17