sicnot

Perfil

Mundo

Tempestade tropical Gaston transforma-se em Furacão

Reuters

A tempestade tropical Gaston transformou-se em furacão, o terceiro da época no oceano Atlântico, avançou hoje o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

Em atividade no meio do Oceano Atlântico, a cerda de 1.215 milhas (cerca de 1.955 quilómetros) a oeste de Cabo Verde, o furacão Gaston parece não representar uma ameaça de chegar a terra.

Os dados recolhidos pela missão de monitorização de furacões do centro norte-americano indicou ventos máximos de 75 milhas por hora (cerca de 121 quilómetros hora), com rajadas que podem ser superiores, com o Gaston a deslocar-se em direção a noroeste.

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos anunciou no seu 'site' na internet que o Gaston se tornou "o terceiro furacão da temporada no Atlântico", numa declaração atualizada pelo seu último boletim.

Embora a temporada de furacões no Atlântico ocorra oficialmente entre 01 de junho a 30 de novembro, o primeiro furacão deste ano - Alex -- formou-se em janeiro durante um evento de tempo incomum.

O furacão Earl foi o segundo desta época, no início do mês, tendo feito 45 mortes no México.

  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08
  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.