sicnot

Perfil

Mundo

Número de mortes por armas de fogo no Brasil cresceu 592,8% em 34 anos

O número de homicídios por armas de fogo passou de 6.104 em 1980 para 42.291 em 2014, o que representa um crescimento de 592,8%, segundo o "Mapa da Violência 2016 - Homicídios por armas de fogo no Brasil".

Os 42.291 homicídios incluem-se nas 44.861 mortes por armas de fogo, sendo as restantes relativas a acidentes, suicídios e mortes indeterminadas, de acordo com a pesquisa coordenada pelo investigador Julio Jacobo Waiselfisz, ligado à Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso).

No relatório lê-se que "44.861 mortes em 2014 representam 123 vítimas de armas de fogo a cada dia do ano e cinco óbitos a cada hora", um "número bem maior do que temos notícia de grandes chacinas e cruentos atentados pelo mundo".

A cada dia, lê-se no documento, morre no Brasil praticamente "o equivalente aos massacres de Paris de [13 de] novembro de 2015, quando morreram 137 pessoas, incluindo sete dos agressores", numa referência aos atentados provocados pelo grupo 'jihadista' Estado Islâmico.

Na faixa etária entre 15 e 29 anos, houve um crescimento de 699,5% nos homicídios por armas de fogo: de 3.159 em 1980 passaram para 25.255 em 2014.

O estudo revelou também que o número de pessoas negras mortas por armas de fogo é 2,6 vezes maior que o de pessoas brancas.

O levantamento mostra que entre 2003 e 2014 houve uma queda de 27% na mortalidade de brancos por armas de fogo e um aumento de 9,9% na de negros.

A investigação concluiu também que 94,4% dos brasileiros mortos por armas de fogo são do sexo masculino.

Em termos de regiões, a taxa média de homicídios por armas de fogo no nordeste em 2014 foi de 32,8 por 100 mil habitantes, "bem acima da taxa da região que vem imediatamente a seguir, centro-oeste, com 26", segundo o relatório.

Lusa

  • Juiz chumba proibição de armas nas salas de aula no Texas

    Mundo

    No Texas, um juiz chumbou uma moção apresentada por três professores universitários que queriam proibir os alunos de levarem armas para as salas de aula. A moção surge na sequência de uma lei aprovada pelo Estado no início de agosto, que permite aos estudantes com posse de arma irem armados para as universidades públicas.

  • Maratona da democracia em Barcelona
    1:18

    New Articles

    Na Catalunha, milhares de pessoas alimentam o braço de ferro com Madrid. Em Barcelona decorre a maratona pela democracia decorre na Praça da Universidade. A iniciativa repete-se noutros 300 municípios da região.

  • Primeiro-ministro admite que retatório sobre Tancos possa ser "fabricado"
    2:06

    País

    O primeiro-ministro garante que o relatório divulgado pelo expresso sobre o desaparecimento de armas em Tancos não é de nenhum organismo oficial e admite até que possa ser fabricado. Costa critica ainda o líder do PSD por comentado uma notícia que não confirmou. As Forças Armadas também negaram a existência de qualquer relatório sobre Tancos que o Expresso reafirma existir e ser verdadeiro.

  • Primeiro-ministro admite que retatório sobre Tancos possa ser "fabricado"
    2:06

    País

    O primeiro-ministro garante que o relatório divulgado pelo expresso sobre o desaparecimento de armas em Tancos não é de nenhum organismo oficial e admite até que possa ser fabricado. Costa critica ainda o líder do PSD por comentado uma notícia que não confirmou. As Forças Armadas também negaram a existência de qualquer relatório sobre Tancos que o Expresso reafirma existir e ser verdadeiro.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.