sicnot

Perfil

Mundo

ONU diz que dificuldade em aceder a zonas sitiadas na Síria é "totalmente inaceitável"

A ONU considerou esta sexta-feira ser "totalmente inaceitável" a dificuldade em aceder às zonas sitiadas na Síria para levar ajuda, assinalando que em agosto apenas uma coluna completa pode ser encaminhada para os que dela necessitavam.

"O nível de acesso às zonas sitiadas este mês é totalmente inaceitável", sublinhou num comunicado o Gabinete de Coordenação dos Assuntos Humanitários das Nações Unidas (OCHA), congratulando-se, no entanto, pelo facto de alimentos e medicamentos terem conseguido chegar esta semana a Al-Waer, na região de Homs (centro).

Esta caravana humanitária foi "a única completa" a chegar a uma zona cercada em agosto, adiantou o OCHA.

A distribuição de ajuda em Al-Waer, iniciada na terça-feira e que terminou na quinta-feira, beneficiou 75.000 pessoas, precisou a ONU.

O enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, acusou nas últimas semanas as diferentes partes do conflito de bloquearem o acesso aos civis que precisam de ajuda, sobretudo ao regime de Bashar al-Assad cujas forças cercam a maioria das 18 zonas sitiadas.

Mistura participou esta sexta-feira numa reunião entre o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, e o seu homólogo russo, Serguei Lavrov, em Genebra, para analisar a situação na Síria e as possibilidades de retomar as negociações de paz.

Lusa

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.