sicnot

Perfil

Mundo

Dilma irá prestar depoimento ao Senado acompanhada de Lula e 18 ex-ministros

​A Presidente com mandato suspenso, Dilma Rousseff, irá na segunda-feira ao Senado brasileiro, em Brasília, para prestar depoimento acompanhada do ex-Presidente Lula da Silva para além de 18 ex-ministros e líderes partidários.

Segundo informação confirmada à agência Lusa pela assessoria da Presidente suspensa, a comitiva deverá contar com 33 pessoas, incluindo dez assessores.

Entre os ex-governantes estão os ex-ministros Aloizio Mercadante, da Educação, Eugênio Aragão, da Justiça, e Jaques Wagner, da Casa Civil.

A comitiva conta também com os presidentes dos partidos Rui Falcão, do Partido dos Trabalhadores (PT), Carlos Lupi, do Partido Democrático Trabalhista (PDT) e Luciana Santos, do Partido Comunista do Brasil (PcdoB), para além de Renato Rebelo, ex-presidente do PcdoB.

A Presidente decidiu fazer pessoalmente a sua defesa e submeter-se às questões da acusação, da defesa e dos senadores que irão julgar se ela cometeu irregularidades orçamentais.

A galeria do Senado estará reservada para receber 20 convidados da defesa e outros 20 da acusação, para além de jornalistas.

A comitiva de Dilma Rousseff terá ainda à sua disposição a tribuna de honra do plenário.

Fora do plenário, a comitiva terá direito a uma área privativa que faz parte do gabinete de Renan Calheiros, presidente do Senado.

Segundo os senadores Humberto Costa e Paulo Rocha, do PT, Lula da Silva reuniu-se sexta-feira com Dilma Rousseff em Brasília para fazer "troca de avaliações políticas" relativas ao processo.

Se Dilma Rousseff, que está temporariamente afastada do poder desde 12 de maio, for considerada culpada por 54 dos 81 senadores, perderá definitivamente o mandato e o direito a ocupar cargos públicos eletivos por oito anos, assumindo Michel Temer, atual Presidente interino, a liderança do país até às presidenciais de 2018.

Lusa

  • Quase 200 queixas por dia sobre serviços de saúde em 2017
    1:46

    País

    Foram apresentadas, em 2017, quase 200 queixas por dia sobre o funcionamento dos serviços de saúde públicos e privados. As questões administrativas e os tempos de espera foram as principais razões das mais de 70 mil reclamações recebidas pela Entidade Reguladora da Saúde.

  • Fim de semana com chuva e descida da temperatura

    País

    A chuva regressa hoje a Portugal continental e permanece pelo menos até ao início da semana, prevendo-se ainda uma descida da temperatura máxima entre 04 a 06 graus Celsius, disse à Lusa a meteorologista Cristina Simões.

  • Tribunal pede documentos sobre o BES ao Banco de Portugal

    Economia

    O Tribunal Administrativo de Lisboa deu esta quinta-feira ao Banco de Portugal 20 dias para entregar as ata das reuniões das 48 horas antes da resolução do BES. O regulador da banca foi chamado a prestar esclarecimentos sobre a queda do Banco Espírito Santo, em 2014.

  • 45 anos de Partido Socialista
    3:31

    País

    O PS completou 45 anos esta quinta-feira. Acaso ou não, a festa aconteceu um dia depois de terem ficado concluídos dois acordos com o PSD que fazem renascer o debate sobre o posicionamento ideológico do partido socialista.

  • Senado aprova à tangente novo diretor da NASA

    Mundo

    O Senado norte-americano aprovou na quinta-feira, à tangente, a nomeação do novo diretor da agência espacial norte-americana, com 50 votos favoráveis contra 49, colocando à frente da NASA um cético das alterações climáticas, adiantou a Efe.

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
    Mudar de Vida

    Mudar de Vida

    5ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    No "Mudar de Vida" desta quinta-feira damos a conhecer mais um caso de quem teve coragem de arriscar e procurar um novo futuro. Susana Moraes é uma economista que decidiu seguir a paixão pela dança. 

  • Mágico comove audiência do Britain's Got Talent com a história de cancro da mulher e da filha
    5:16