sicnot

Perfil

Mundo

Vulcão indonésio Sinabung expele coluna de fumo e cinzas até 3 quilómetros de altura

O vulcão Sinabung, um dos mais ativos da ilha indonésia de Samatra, expeliu fumo e cinzas até mais de três quilómetros de distância da cratera, levando o exército a preparar uma eventual evacuação das aldeias próximas, informam hoje os 'media' locais.

As autoridades encerraram o acesso das duas principais vias à zona, catalogada como vermelha devido ao perigo, e poderão iniciar a evacuação de pelo menos cinco povoações que ficam no sopé do monte.

"Vamos continuar a lembrar e retirar as pessoas que estejam dentro da zona vermelha", disse o comandante da estação do Monte Sinabung, Agustatius Sitepu, ao portal de notícias Tempo.

O Sinabung despertou pela primeira vez em agosto de 2010 depois de ter passado 400 anos adormecido.

Desde setembro de 2013 tem mostrado uma atividade incessante.

Anteriores erupções vulcânicas provocaram problemas no tráfego aéreo da região e causaram vítimas mortais.

Em maio último, pelo menos sete pessoas morreram, enquanto em fevereiro foram contabilizadas 16 vítimas mortais devido a uma forte erupção que obrigou à retirada de 14 mil pessoas.

A Indonésia assenta sobre o chamado Anel de Fogo do Pacífico, uma área de grande atividade sísmica e vulcânica, albergando mais de 400 vulcões, dos quais pelo menos 129 continuam ativos e 65 são qualificados como perigosos, incluindo o Sinabung.

Lusa

  • GNR só teve acesso às imagens das agressões em Alcochete 12 horas depois
    1:42

    Crise no Sporting

    A GNR não pôde visionar as imagens de videovigilância da Academia de Alcochete logo que chegou ao local. O sistema estava inoperacional, o que fez com que as imagens só fossem entregues quase 12 horas depois do ataque à equipa do Sporting. Entre as provas recolhidas, estão também impressões digitais e vestígios de sangue encontrados na zona do balneário.

  • Juiz considera que agressões em Alcochete foram "ato terrorista"
    1:59

    Crise no Sporting

    O juiz que decretou a prisão preventiva dos 23 detidos pelo ataque à Academia do Sporting considera que se tratou de um ato terrorista. Diz mesmo que os agressores tiveram um comportamento chocante e que perverte o espírito desportivo. Sete dos 23 detidos já foram condenados por outros crimes, mas não chegaram a pena de prisão.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • A promessa que João Mário vai ter de cumprir se Portugal for campeão
    1:36
  • Aprovadas mudanças no acesso ao ensino superior

    País

    O Governo aprovou esta quinta-feira o decreto-lei que estabelece o currículo dos ensinos básico e secundário, bem como os princípios orientadores da avaliação, voltando a nota de Educação Física a contar para a média de acesso ao ensino superior. No caso dos alunos do ensino profissional, são eliminados requisitos considerados discriminatórios no acesso ao ensino superior.

  • Universidade de Coimbra não retira Honoris Causa a Lula
    3:30
  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC