sicnot

Perfil

Mundo

Ativista cubano Guillermo Fariñas, em greve de fome, foi outra vez hospitalizado

O dissidente cubano Guillermo Fariñas foi hospitalizado no sábado em Santa Clara, Cuba, por causa da greve de fome que dura há 38 dias, revelou a agência de notícias espanhola Efe.

O dissidente cubano Guillermo Fariñas foi hospitalizado no sábado em Santa Clara, Cuba, por causa da greve de fome que dura há 38 dias, revelou a agência de notícias espanhola Efe.

Esta é a quarta vez que o ativista cubano é hospitalizado, desde que se recusou a comer e a beber a 20 de julho, e está a ser hidratado por via intravenosa, mas um porta-voz dele voltou a dizer que Fariñas manterá o protesto "até às últimas consequências".

Guillermo Fariñas, 54 anos, Prémio Sakharov 2010 do Parlamento Europeu, exige ao Governo cubano que ponha fim à repressão sobre os dissidentes e inicie um diálogo com a oposição.

Fariñas, dirigente da ilegal Frente Antitotalitária Unida (Fantu), soma desde 1995 um total de 25 greves de fome, a última delas em 2010, altura em que fez cem dias de jejum, a maior parte dos quais hospitalizado, para exigir ao Governo a libertação de um grupo de opositores doentes na prisão.

O Governo de Cuba considera os dissidentes "contrarrevolucionários" e "mercenários".

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.