sicnot

Perfil

Mundo

Britânico de 45 anos morre após tentar atravessar a nado o Canal da Mancha

Um britânico de 45 anos que tentou atravessar a nado o Canal da Mancha morreu no hospital para onde foi transportado na sequência de uma indisposição sofrida durante o trajeto, noticiou este domingo o diário francês Voz do Norte.

O homem tinha marcado como objetivo superar os quilómetros que separam a localidade britânica de DFover com a francesa de Calais.

O homem iniciou a travessia às primeiras horas da tarde de sábado, acompanhado de uma equipa encarregada de acompanhar o desafio e de o socorrer em caso de necessidade.

O Centro Regional de Vigilância e Salvamento (CROSS) também tinha sido alertado, acrescenta A Voz do Norte.

A equipa que o acompanhava teve de retirar o homem da água e levá-lo para o porto de Calais, onde os bombeiros e socorristas lhe prestaram os primeiros socorros. A caminho do hospital, ainda recebeu massagens cardíacas, tendo acabado por morrer.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.