sicnot

Perfil

Mundo

PP e Ciudadanos chegam a acordo para viabilizar investidura de Rajoy

O Partido Popular (PP) espanhol e o Ciudadanos chegaram esta manhã a um acordo que viabiliza a investidura de Mariano Rajoy na chefia do governo, noticiam os diários El País e El Mundo, citando fontes dos dois partidos.

"Após uma semana de negociações, o PP e o Ciudadanos alcançaram um acordo para que os 32 deputados do partido de Abert Rivera votem favoravelmente a investidura de Mariano Rajoy", noticia a edição 'online' do El Pais.

De acordo com o matutino espanhol, o atual presidente do governo espanhol e o líder do Ciudadanos reúnem-se esta manhã com as equipas de negociadores de ambos os partidos para "ratificar" a assinatura do pacto de investidura no Congresso dos Deputados.

"Os dirigentes das duas formações aceleraram o fecho do acordo no sábado durante uma discreta reunião entre ambos", refere o jornal.

Fontes de ambos os partidos, citadas pelo El Pais, confirmaram que Rajoy e Rivera fecharam esta noite a negociação.

Segundo o jornal, as duas delegações vão reunir-se às 12:30 (menos uma hora em Lisboa), estando previsto que os líderes parlamentares dos dois partidos assinem o acordo.

O chefe do executivo e o líder do Ciudadanos estarão depois na conferência de imprensa, acrescenta o jornal.

O acordo deverá pôr termo ao impasse político em Espanha, que já levou á repetição das eleições legislativas.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47