sicnot

Perfil

Mundo

Sobe para 35 número de civis mortos em ataque turco na Síria

O número de civis mortos no ataque das forças militares turcas no norte da Síria foi atualizado para 35 pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Antes, o observatório indicara 20 civis mortos e 50 feridos nos ataques aéreo e terrestre contra Jeb el-Koussa, uma aldeia situada no sul da região síria de Jarbalos.

O ataque insere-se na operação "Escudo do Eufrates", que visa eliminar o grupo extremista Estado Islâmico (EI) e as milícias curdas na fronteira entre a Turquia e a Síria.

"Pelo menos 20 civis foram hoje mortos e 50 outros feridos por tiros de artilharia e ataques aéreos turcos em Jeb el-Koussa, uma aldeia situada no sul da região síria de Jarbalos", disse à agência France Presse o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahmane.

Por outro lado, "15 civis perderam a vida e outros 25 ficaram feridos, a maior parte com gravidade, nos bombardeamentos turcos perto da aldeia de Al-Amarné", igualmente ao sul de Jarablos, acrescentou.

Este é o ataque com maior número de mortos desde o início da operação "Escudo do Eufrades", na quarta-feira.

Segundo o OSDH, os bombardeamentos turcos concentram-se sobretudo no sul de Jarablos, o ex-feudo do EI junto à fronteira turca e a primeira localidade a cair nas mãos dos rebeldes apoiados por Ancara.

Jeb el-Koussa situa-se a 14 quilómetros a sul de Jarablos e é controlada por combatentes locais apoiados pelas forças curdas.

De acordo com o OSDH, vários combatentes foram também mortos nos bombardeamentos turcos, mas aquela Organização Não-Governamental não sabia ainda precisar quantos.

Lusa

  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.