sicnot

Perfil

Mundo

Detidos 5 suspeitos de fogo posto em Bruxelas

© Eric Vidal / Reuters

A polícia belga deteve cinco suspeitos no âmbito da investigação à explosão ocorrida hoje no Instituto de Criminologia, nos arredores norte de Bruxelas, que fez avultados estragos mas não causou vítimas, informou a procuradoria de Bruxelas

Segundo a procuradoria, não há de momento razão para relacionar o incidente com terrorismo, sendo mais provável tratar-se de uma tentativa de destruição de provas.

"Cinco pessoas foram detidas na vizinhança (...) Estão a ser interrogadas para determinar se tiveram algum papel no incidente", disse Ine Van Wymersch, porta-voz da procuradoria de Bruxelas, numa conferência de imprensa.

"A possibilidade de se tratar de um ato terrorista não foi confirmada", afirmou Van Wymersch num comunicado distribuído aos jornalistas na ocasião.

"É possível que vários indivíduos podem ter querido destruir provas. Uma investigação está em curso e várias linhas de investigação estão a ser consideradas", lê-se também no texto.

A explosão registou-se às primeiras horas da madrugada, no Instituto de Criminologia Nacional belga, em Neder-Over-Hembeek, a norte de Bruxelas.

Van Wymersch disse que o laboratório, que recolhe e analisa provas, "não foi escolhido por acaso".

"É uma parte importante do departamento de justiça e lida com informação sensível relacionada com vários processos em curso", disse.

A porta-voz referiu que testemunhas disseram ter ouvido várias explosões, mas que as autoridades ainda não determinaram como elas foram provocadas.

A imprensa belga noticiou que um automóvel foi lançado contra os portões do edifício, provocando um incêndio que terá causado várias explosões no laboratório.

  • Explosão no Instituto de Criminologia de Bruxelas

    Mundo

    Uma bomba explodiu esta madrugada no Instituto de Criminologia de Bruxelas. De acordo com a imprensa belga, um carro passou pelas barreiras de segurança do parque do edifício e um ou mais suspeitos detonaram uma bomba. O Ministério Pública de Bruxelas anunciou que vai investigar o caso.

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • Deputados britânicos debatem hoje petição que desvaloriza visita de Donald Trump

    Mundo

    Os deputados britânicos debatem hoje uma petição que reclama que a futura visita de Estado do Presidente norte-americano, Donald Trump, seja reduzida a uma visita oficial, enquanto dezenas de milhares de pessoas se manifestam sobre o mesmo assunto. Dezenas de milhares de pessoas são esperadas hoje nas ruas de várias cidades do Reino Unido, em protestos organizados para coincidir com a discussão no parlamento (na Câmara dos Comuns) de uma petição 'online' que já tem quase dois milhões de subscritores.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Matteo Renzi demite-se da liderança do Partido Democrático

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro italiano Matteo Renzi demitiu-se hoje da liderança do Partido Democrata (PD), uma decisão que faz parte de uma estratégia para retomar o controlo da formação de centro-esquerda, onde uma minoria mais à esquerda ameaça cindir-se.