sicnot

Perfil

Mundo

Explosão no Instituto de Criminologia de Bruxelas

Uma bomba explodiu esta madrugada no Instituto de Criminologia de Bruxelas. De acordo com a imprensa belga, um carro passou pelas barreiras de segurança do parque do edifício e um ou mais suspeitos detonaram uma bomba. O Ministério Pública de Bruxelas anunciou que vai investigar o caso.

O Ministério Público de Bruxelas confirmou que houve uma explosão naquele centro, situado em Neder-Over-Heembeek, na zona norte da cidade, e que foi iniciada uma investigação para "determinar a natureza da mesma", indicou a agência de notícias belga.

A explosão ocorreu cerca das 02:30 (03:30 em Lisboa) e segundo diversos meios de comunicação foi originada num carro bomba, uma teoria que até ao momento não foi confirmada nem desmentida pelo Ministério Público.

O porta-voz dos bombeiros belgas Pierre Meys também admitiu que a explosão "provavelmente não foi acidental".

"A explosão foi muito forte. As janelas do laboratório foram projetadas a dezenas de metros de distância", disse Pierre Meys.

Cerca de 30 bombeiros foram mobilizados pelas 03:00 (04:00 em Lisboa) para combater o incêndio.

O instituto de criminologia de Bruxelas é uma instituição científica que pertence à justiça federal belga. Uma das suas tarefas é analisar e identificar vestígios suspeitos.

  • Não houve negligência médica no caso do jovem em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19