sicnot

Perfil

Mundo

Rejeitada de novo a liberdade condicional a assassino de John Lennon

© Ho New / Reuters

O assassino de ex-Beatle John Lennon, Mark David Chapman, viu a liberdade condicional ser-lhe negada pela nona vez, disseram esta segunda-feira funcionários da prisão estatal de Nova Iorque.

"Posso confirmar que lhe foi negada. Não tenho mais detalhes", afirmou o porta-voz do estabelecimento prisional.

Há dois anos, já tinha sido negado a Mark David Chapman a liberdade condicional, porque a sua libertação não seria "compatível com o bem-estar sociedade".

John Lennon, que teria hoje 75 anos se fosse vivo, foi a morto a tiro a 08 de dezembro de 1980.

Mark David Chapman, 61 anos e que sofre de doença mental, foi condenado a prisão perpétua, mas desde 2000 tem a possibilidade de a cada dois anos pedir a concessão de liberdade condicional.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.