sicnot

Perfil

Mundo

Tropas turcas tomam uma dezena de localidades perto de Jarablos

O exército turco e os seus aliados locais do Exército Livre Sírio (ELS) conquistaram nas últimas horas uma dezena de localidades a sul de Jarablos, que estavam nas mãos das milícias curdas, noticiou hoje o jornal Sabah.

O diário turco, considerado pró-governamental, indica que foram tomadas localidades situadas num raio de 20 quilómetros a sul de Jarablos, ocupada na passada quarta-feira após ter sido abandonada pelos jihadistas do Estado Islâmico (EI).

De acordo com fontes militares do ELS citadas pelo Sabah, as localidades tomadas são Al Amarna e Ain al Baida, bem como outras oito nas redondezas.

O jornal acrescenta que foram capturados sete membros das Unidades de Proteção do Povo curdo (YPG) e material bélico.

A Turquia considera que as Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG) são filiais locais sírias do grupo armado PKK (Partido dos Trabalhadores do Curdistão), ativo em solo turco e apontado por Ancara como uma organização terrorista.

O governo turco defende que o PKK e as suas estruturas - que pretendem instaurar um estado curdo autónomo - são tão terroristas como o Estado Islâmico.

As YPG, que têm recebido cobertura aérea por parte dos Estados Unidos, têm sido as milícias mais eficazes na Síria na luta contra o EI.

A Turquia considera a margem ocidental do rio Eufrates como "uma linha vermelha" para a presença de milícias curdas, uma vez que rejeita a criação de um território autónomo curdo no norte da Síria, numa zona fronteiriça com o seu próprio território.

A ofensiva turca na Síria, denominada "Escudo do Eufrates" já causou dezenas de mortos, tanto civis como combatentes, segundo o exército turco e a oposição síria.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos afirmou no domingo que 35 civis morreram nos bombardeamentos da aviação turca, enquanto que o exército turco assegura que apenas matou 25 "terroristas".

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, avisou no domingo que os seus militares vão lutar contra as milícias curdas "com a mesma determinação" com que combatem o Estado Islâmico.

A operação militar turca na Síria conta com 50 carros de combate e 500 militares, em apoio a cerca de dois mil efetivos do ELS, indicam os jornais turcos.

Lusa

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.