sicnot

Perfil

Mundo

Três jornalistas da Al-Jazeera detidos na Venezuela

Uma equipa composta por três jornalistas da cadeia televisiva Al-Jazeera foram hoje detidos pelas autoridades ao chegar Aeroporto Internacional Simón Bolívar de Maiquetía (norte de Caracas), denunciou o Sindicato Nacional de Trabalhadores da Imprensa (SNTP) da Venezuela.

A equipa, proveniente de Argentina, pretendia fazer a cobertura das atividades convocadas pela aliança opositora Mesa de Unidade Democrática (MUD) para 01 de setembro, dia em que a oposição venezuelana pretende "tomar" a cidade de Caracas, para exigir a realização de um referendo revogatório do mandado do Presidente Nicolás Maduro.

"Teresa Bo, correspondente, Lagmi Chávez, produtora, e o operador de câmara foram retidos em Maiquetía. Tiraram-lhes os equipamentos", denunciou o SNTP na sua conta do Twitter.

Segundo o SNTP, ao chegar a Maiquetía os jornalistas foram notificados pelas autoridades de que "as regras mudaram" e informados de que deveriam contactar o diretor do Serviço Autónomo de Imigração e Estrangeiros, Juan Dugarte.

"As autoridades pretendem deportá-los no primeiro voo para Bogotá", Colômbia, explicou o SNTP.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Negociações serão difíceis e manter a unidade também
    0:32
  • Corrida à Agência Europeia Medicamento "não é fácil", admite Costa
    0:50

    Brexit

    António Costa confirmou a apresentação da candidatura para a transferência da agência europeia do medicamento de Londres para Portugal. À margem da cimeira extraordinário sobre o Brexit, o primeiro-ministro salientou a importância da instalação do instituto no país para reforçar a competitividade no setor