sicnot

Perfil

Mundo

Carta com mapa desenhado e sem endereço chega ao destino

Uma carta, onde estava desenhado à mão um mapa em vez do endereço, conseguiu chegar ao destino, graças aos correios locais. O destino era a vila de Búðardalur, na Islândia, mais propriamente "uma quinta de cavalos, com um casal de islandeses ou dinamarqueses, três filhos e imensas ovelhas".

Por baixo do destino, a pessoa explicou ainda que a carta era "para a mulher dinamarquesa que trabalha no supermercado em Búðardalur" e desenhou um mapa rudimentar, mostrando onde é que a casa podia ser encontrada.

Para o caso de ainda haver dúvidas, a pessoa até colocou uma bola a vermelho no local da "quinta de cavalos", a dizer "aqui".

E assim, de forma tão rudimentar, o carteiro conseguiu encontrar a casa e entregar a carta. A história já aconteceu em março, mas só esta semana é que a fotografia da carta foi publicada.

  • Reportagem Especial dá a voz aos despedidos da banca
    1:18
  • CEMGFA admite que várias armas roubadas estão em condições de ser usadas
    2:06

    Assalto em Tancos

    Afinal há várias armas roubadas em Tancos que estão em condições de ser utilizadas, sendo que apenas os lança-granadas-foguete estão obsoletos. Esta manhã, o general Pina Monteiro admitiu, no Parlamento, que a declaração que fez há duas semanas pode ter induzido em erro a opinião pública. O chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA) diz, ainda, que se houvesse indícios sobre colaboração do Exército neste caso, os suspeitos estariam presos.

  • Pais de Charlie Gard querem que o bebé morra em casa

    Mundo

    Depois de terem renunciado à batalha judicial para manterem o filho com vida, os pais do bebé britânico Charlie Gard desejam agora levar a criança para morrer em casa. O desejo foi revelado pelo advogado de Chris Gard e Connie Yates, numa audiência esta tarde, no Supremo Tribunal de Londres. Contudo, o hospital responsável pelo caso admite que os cuidados a Charlie não podem ser feitos em casa.