sicnot

Perfil

Mundo

Fotojornalista francês Marc Riboud morre aos 93 anos

Marc Riboud Portfolio

O fotojornalista francês Marc Riboud, conhecido mundialmente por fotos como a da rapariga com uma flor frente a soldados norte-americanos numa marcha contra a guerra do Vietname, morreu na terça-feira aos 93 anos, informou a família.

No site oficial do fotojornalista, a notícia da morte aparece com uma imagem de Riboud a fotografar e a frase "Ver é o paraíso da alma".

Uma das fotos que o tornou conhecido mundialmente é a de um "pintor na Torre Eiffel", publicada em 1953 na revista Life.

Alain Genestar, diretor da revista Polka Magazine, explicou à France Info que essa fotografia foi tirada num dia em que Riboud tinha apenas consigo um rolo de doze fotografias.

Marc Riboud Portfolio

Marc Riboud Portfolio

Outra das suas imagens icónicas, publicada em 1967, é a de uma rapariga que segura uma flor frente a uma fila de soldados empunhando espingardas, numa marcha em Washington contra a guerra do Vietname.

Marc Riboud nasceu em Lyon (sudeste) em 1923 e tirou as primeiras fotografias numa visita à Exposição Universal de Paris, de 1937, com uma câmara Kodak Vest-Pocket que o pai lhe deu quando fez 14 anos.

Em 1944, participou nas lutas da resistência francesa à ocupação nazi e em 1945 entrou para o curso de engenharia, profissão que abandonou no princípio da década de 1950 para se dedicar à fotografia.

Em 1953, Riboud conheceu Henri Cartier-Bresson e Robert Capa, que o contrataram para a famosa agência de fotografia Magnum, a que chegou a presidir entre 1974 e 1976.

Nos anos 1950, passou longas temporadas na Índia, Médio Oriente, Afeganistão e na China de Mao Zedong e, nos 1960, depois de uma estada de três meses na União Soviética, cobriu as independências da Argélia e de vários países da África Negra.

Marc Riboud Portfolio

Marc Riboud Portfolio

Em 1968 e 1969 fez reportagens no sul e no norte do Vietname, onde foi dos poucos fotógrafos a poder entrar durante o conflito.

Nos anos 1980-1990, regressou à Ásia, especialmente à China, onde registou as mudanças operadas ao longo de décadas.

Lusa

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efetivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21
  • Antigos quadros da Facebook declaram-se preocupados com efeitos da rede social

    Mundo

    Alguns dos antigos quadros da empresa Facebook estão a começar a exprimir sérias dúvidas sobre a rede social que ajudaram a criar, foi noticiado. A Facebook explora "uma vulnerabilidade na psicologia humana" para criar dependência entre os seus utilizadores, afirmou o primeiro presidente da empresa, Sean Parker, num fórum público.