sicnot

Perfil

Mundo

Primeiro voo comercial entre EUA e Cuba desde 1961 descolou esta quarta-feira

O primeiro voo comercial entre os Estados Unidos e Cuba desde 1961 descolou esta quarta-feira do Aeroporto Internacional de Fort Lauderdale/Hollywood, no estado norte-americano da Florida (sudeste), em direção a Santa Clara, na zona centro da ilha caribenha.

Com 150 pessoas a bordo, o Airbus A320 da companhia aérea de baixo custo norte-americana JetBlue Airways descolou pouco depois das 10:00 hora local (15:00 em Lisboa).

Menos de uma hora depois, o aparelho aterrou em Santa Clara, cerca de 280 quilómetros a leste da capital cubana (Havana), às 10:57 hora local (15:57 em Lisboa).

A bordo do Airbus A320 estavam turistas, jornalistas e responsáveis governamentais, incluindo o secretário norte-americano dos Transportes, Anthony Foxx.

A entrada do aparelho na pista de descolagem foi marcada por um arco formado por jatos de água, uma forma de assinalar um voo inaugural.

O voo 387 da JetBlue Airways é o primeiro dos 110 voos diários diretos para Cuba que foram aprovados este ano pelo Departamento de Transportes norte-americano.

Estes voos surgem no âmbito do restabelecimento das relações diplomáticas entre Washington e Havana em julho de 2015, velhos inimigos da Guerra Fria que viveram de costas voltadas durante mais de 50 anos e que estão separados unicamente pelos 150 quilómetros do Estreito da Florida.

Lusa

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC