sicnot

Perfil

Mundo

Regime de Kim Jong-un executa vice-primeiro-ministro

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, executou o vice-primeiro-ministro e responsável máximo da Educação, Kim Yong-jin, avançou o Ministério da Unificação da Coreia do Sul.

O político de 63 anos terá sido executado por um pelotão de fuzilamento em julho passado, disse à agência Efe uma fonte do Ministério da Unificação em Seul.

Kim foi morto por ser um "agitador antirrevolucionário, anti-partido" dos Trabalhadores da Coreia, disse outra fonte do ministério, que não quis ser identificada.

"Kim Yong-Jin foi denunciado pela sua má postura quando estava sentado por baixo da tribuna" durante uma sessão do parlamento norte-coreano, sendo então submetido a um interrogatório que revelou os seus outros crimes", disse a mesma fonte.

"Ele provocou a ira de Kim depois de ter adormecido durante uma reunião presidida por Kim. Foi detido no local e questionado intensamente pelo ministério da segurança", acrescentou.

O Ministério da Unificação da Coreia do Sul também assegurou que outros altos cargos norte-coreanos foram enviados para campos de reeducação como parte de uma suposta campanha de purgas do jovem ditador.

Lusa

  • Traço contínuo às curvas
    2:42
  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Reservas de viagens na Páscoa e no verão aumentaram
    1:19

    Economia

    As reservas de viagens no período da Páscoa e do verão aumentaram este ano, tanto para o estrangeiro como para dentro de Portugal. O Algarve, a Madeira e os Açores continuam a ser os destinos de eleição. Os portugueses estão também a marcar férias com mais antecedência, uma das receitas para conseguir melhores preços.

  • Escada rolante inverte sentido e varre dezenas de pessoas
    1:15
  • Jovens impedidas de embarcar de leggings

    Mundo

    A moda das calças-elásticas-super-justas volta a fazer estragos. Desta vez nos EUA onde duas adolescentes foram impedidas de embarcar num voo da United Airlines devido à indumentária, que não cumpria com as regras dos tripulantes ou acompanhantes da companhia aérea norte-americana.

    Manuela Vicêncio

  • Cristas calcula défice de 3,7% sem "cortes cegos" das cativações
    0:45

    Economia

    Assunção Cristas diz que o défice de 2,1% só foi conseguido porque o Governo fez cortes cegos na despesa pública. Esta manhã, depois de visitar uma unidade de cuidados continuados em Sintra, a presidente do CDS-PP afirmou que, pelas contas do partido, sem cativações, o défice estaria nos 3,7%.

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.