sicnot

Perfil

Mundo

Um quarto de hotel ao ar livre na Suíça

Null Stern Hotel

A ideia de uma cama nas montanhas, sem paredes ou teto foi concebida por dois artistas para que se sinta próximo da natureza. Assim renasce a Null Stern, onde "a única estrela é você".

Imagine dormir debaixo das estrelas, com espaço infinito, sem paredes, sem teto e a 1800 metros de altitude. Agora é possível em Safiental, Graubunden (Suíça), onde renasce o "Null Stern - a única estrela é você".

É simples. Uma cama de casal com roupa de cama premium, plantada no coração da montanha com vista para a natureza.

A experiência de Null Stern Hotel custa cerca de 211 euros por noite, com pequeno-almoço incluído.

A experiência de Null Stern Hotel custa cerca de 211 euros por noite, com pequeno-almoço incluído.

Null Stern Hotel

"Dispensámos as paredes e a única coisa que resta são os anfitriões e a experiência na qual assumem o papel de protagonistas", disse Daniel Charbonnier, co-fundador do projeto, ao jornal Le Figaro.

Considerada uma iniciatia de sucesso, até 2018 já não é possível usufruir desta experiência, mas já abriram as inscrições para o ano que vem.

A ideia será, no futuro, a instalação de outras camas noutros lugares do país, em colaboração com as associações regionais de turismo, para realçar a beleza natural dos vários vales e regiões da Suíça.

"Null Stern - a única estrela é você" já recebeu várias indicações, como a Melhor Inovação do Ano, nos Prémios World Hospitality em 2009. Já em 2010, este conceito fazia parte dos 100 melhores hotéis, segundo a revista Europa Geo.

  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • "Não se pode voltar atrás, o povo de Deus confirmou a necessidade deste Papa"
    3:15
  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Primeira dama chinesa defende avanços na igualdade

    Mundo

    A primeira dama chinesa, Peng Liyuan, defendeu os avanços da China em matéria de igualdade dos géneros. Uma rara entrevista, difundida numa altura em que feministas chinesas asseguram serem controladas pela polícia face às suas campanhas.