sicnot

Perfil

Mundo

Oposição venezuelana anuncia tomada de todas as cidades a 14 de setembro

© Marco Bello / Reuters

A oposição terminou esta quinta-feira a "tomada" de Caracas anunciando novas medidas para exigir a realização do referendo revogatório do mandato presidencial de Nicolás Maduro, que incluem a ocupação de todas as cidades do país.

"O que o povo venezuelano conseguiu hoje é realmente um mérito impressionante. Conseguimos derrotar o anel de ferro militar e policial que tentou travar o povo venezuelano", disse o secretário da aliança opositora Mesa de Unidade Democrática.

Jesus Torrealba falava em Caracas, na avenida Francisco de Miranda, ponto final da concentração promovida pela oposição e em que proclamou o fim da operação "tomada de Caracas, por seis horas".

"Hoje é o início da etapa definitiva desta luta. Esta marcha que hoje se mobilizou irá, na quarta-feira 07 de setembro até ao Conselho Nacional Eleitoral (CNE) exigindo que nos digam quais são as condições para recolher 20% das assinaturas (dos eleitores)", disse.

Jesus Torrealba anunciou ainda que depois da marcha até ao CNE, a oposição realizará, a 14 de setembro uma "tomada" de todas as cidades da Venezuela, durante 12 horas e duas semanas mais tarde uma "tomada" do país por 24 horas.

Hoje ainda, a oposição pretende realizar um 'cacerolazo' (bater em panelas) contra o Presidente Nicolás Maduro.

Lusa

  • Venezuelanos exigem referendo revogatório do mandato de Nicolás Maduro
    0:25

    Mundo

    Opositores do presidente Venezuelano vieram esta quinta-feira para as ruas exigir um calendário para o referendo revogatório do mandato de Nicolás Maduro. Milhares de pessoas encheram as ruas da capital, Caracas, e manifestaram desagrado com o rumo do país e com a crise económica que está instalada. Queixam-se das condições de vida, do desemprego, da insegurança e da falta de alimentos. O presidente Nicolas Maduro fala numa tentativa de golpe de Estado apoiada pelos Estados Unidos e, nos últimos dias, foram detidos vários opositores. O protesto é intitulado "Tomada de Caracas".

  • A cronologia da crise política na Venezuela

    Mundo

    A crise política na Venezuela tem vindo a aprofundar-se com a oposição a insistir na realização de um referendo para revogar o mandato do Presidente do país, Nicolás Maduro, levando esta quinta-feira milhares a protestarem na rua.

  • Governo quer aumentar fiscalização a baixas fraudulentas
    1:10

    País

    O Governo quer criar uma bolsa de médicos para fiscalizar quem recebe o subsídio por doença. A intenção foi manifestada à TSF pela secretária de Estado da Segurança Social. Em 2016 foram detetados mais de 56 mil trabalhadores com baixa médica que afinal estavam aptos para trabalhar.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.