sicnot

Perfil

Mundo

Rebeldes tomam várias localidades de Hama

Uma aliança de grupos rebeldes e jihadistas lançou na segunda-feira uma grande ofensiva na província síria de Hama (centro), maioritariamente controlada pelo regime, conseguindo tomar várias localidades, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Em resposta à ofensiva, as forças governamentais realizaram vários bombardeamentos aéreos, que até ao momento mataram pelo menos 25 civis, incluindo crianças, segundo a organização, que obtém informação de uma vasta rede de fontes no terreno.

Os rebeldes pretendem tomar o aeroporto de Hama, de onde partem os aviões e helicópteros das forças do regime para várias frentes de combate.

"Estão a cerca de 10 quilómetros do aeroporto" de Hama, a quarta maior cidade da Síria, disse o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

Os rebeldes pretendem também aliviar a pressão na frente de Alepo (norte) dispersando as forças governamentais para os combates em Hama, a sudeste da província de Alepo.

Em três dias, a aliança rebelde tomou 13 localidades, a maioria no norte da província de Hama, incluindo Halfaya, Tibet al-Himam e Suran.

A província de Hama tem uma importância estratégica para o regime do Presidente sírio, Bashar al-Assad, porque separa as forças rebeldes presentes em Idleb de Damasco.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.