sicnot

Perfil

Mundo

Sismo de 7,1 registado na Nova Zelândia

Um sismo de magnitude 7,1 na escala de Richter foi registado na madrugada de sexta-feira (quinta-feira em Lisboa) na Nova Zelândia. As autoridades da Nova Zelândia emitiram um alerta de uma potencial ameaça de tsunami.

Última atualização 19:20

O sismo teve o epicentro no mar, a 30 quilómetros de profundidade, a cerca de 167 quilómetros de Gisborne, ao largo da costa leste da ilha do Norte, uma das duas maiores ilhas da Nova Zelândia, segundo o Instituto de Geofísica Norte-Americano (USGS, sigla em inglês).

Até ao momento, não existem informações sobre eventuais vítimas ou danos materiais.

As autoridades de defesa civil da Nova Zelândia informaram que tinham emitido "um alerta de uma potencial ameaça de tsunami nas áreas costeiras da Nova Zelândia".

A rádio Nova Zelândia informou que os residentes das áreas costeiras do distrito de East Cape foram aconselhados pela defesa civil local a saírem daquela zona.

A mesma agência norte-americana relatou a ocorrência de pelo menos duas réplicas de magnitude 5,5 e 5,7.

Com Lusa

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.