sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte quer criar complexo para atrair investimento e turismo

A Coreia do Norte anunciou hoje que planeia construir novos complexos financeiros, torres de apartamentos e hotéis no sudeste do país, num projeto de grande envergadura para atrair investimento e turismo, apesar das sanções internacionais.

O projeto seria localizado na zona industrial da Área de Turismo Internacional de Wonsan-Geumgangsan, na costa sudeste da Coreia do Norte, e envolveria um valor equivalente a 175 milhões de euros, informa o portal oficial Naenara.

Segundo o regime de Kim Jong-un, o objetivo é atrair investimento estrangeiro para financiar o projeto, com o qual se pretende converter aquela costa do país num "destino turístico de primeira classe mundial" capaz de atrair "milhões de visitantes", segundo o comunicado, que não avança prazos.

O plano contempla uma transformação radical do centro da cidade de Wonsan, ao erguer um complexo de apartamentos de dez torres, um hotel de três estrelas, um complexo financeiro internacional, grandes armazéns, um polidesportivo e um restaurante de comida internacional.

Na periferia da cidade, ainda dentro da zona exclusiva, planeia-se a construção de um hotel de luxo de cinco estrelas, um segundo complexo financeiro e outro de escritórios, espaços de investigação científica, um centro internacional de exposições e uma biblioteca, assegurou o meio estatal.

A Coreia do Norte, que sofre uma crise económica desde os anos 1990, considera o turismo uma importante fonte de rendimentos, e desde a chegada ao poder, no final de 2011, que Kim Jong-un dedicou esforços para promover a região do sudeste do país com projetos como a estância de ski de Masik, inaugurada em janeiro de 2014.

No entanto, será difícil receber investimento estrangeiro para este tipo de projetos, já que as últimas sanções do Conselho de Segurança da ONU impõem um forte bloqueio financeiro.

O Conselho aprovou, em março, uma resolução em resposta ao quarto teste nuclear e lançamento de um 'rocket' espacial com tecnologia de mísseis balísticos nos dois meses anteriores.

A resolução contempla, entre outras medidas, fortes limitações no comércio e sanções contra bancos e ativos, o que na prática afasta a Coreia do Norte do sistema financeiro internacional.

Lusa

  • Kim Jong Un aparece em festa da juventude em Pyongyang

    Mundo

    Na Coreia do Norte, Kim Jong Un apareceu para assistir à festa da liga da juventude em Pyongyang. A celebração contou com a participação de 150 mil pessoas que receberam o líder norte-coreano em clima de festa. O evento serviu para comemorar o 9º congresso da Liga da Juventude da Coreia do Norte, que não se realizava há 23 anos.

  • Dirigentes do GD Ribeirão acusados de auxílio à emigração ilegal
    1:34

    Desporto

    Oito dirigentes do Grupo Desportivo de Ribeirão, um clube de Vila Nova de Famalicão que fechou as portas em 2015, foram acusados pelo Ministério Público.Em causa, estão suspeitas de auxílio à emigração ilegal ou falsificação de documentos, relacionadas com transferências de jogadores estrangeiros em situação ilegal.

  • Capacetes Brancos agradecem Óscar para filme sobre a guerra na Síria
    1:34

    Óscares 2017

    O Óscar para melhor documentário curto foi atribuído a um filme sobre a guerra na Síria. "The White Helmets" retrata o trabalho dos Capacetes Brancos, uma equipa de voluntários que ajuda no salvamento e resgate de habitantes sírios atingidos pelo conflito no país. O Fundador dos Capacetes Brancos já veio fazer um agradecimento público pela atribuição deste galardão. Raed Saleh diz que é uma motivação para os voluntários que todos os dias arriscam a vida para salvar outras pessoas.

  • O primeiro eclipse solar do ano
    0:57
  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16