sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte quer criar complexo para atrair investimento e turismo

A Coreia do Norte anunciou hoje que planeia construir novos complexos financeiros, torres de apartamentos e hotéis no sudeste do país, num projeto de grande envergadura para atrair investimento e turismo, apesar das sanções internacionais.

O projeto seria localizado na zona industrial da Área de Turismo Internacional de Wonsan-Geumgangsan, na costa sudeste da Coreia do Norte, e envolveria um valor equivalente a 175 milhões de euros, informa o portal oficial Naenara.

Segundo o regime de Kim Jong-un, o objetivo é atrair investimento estrangeiro para financiar o projeto, com o qual se pretende converter aquela costa do país num "destino turístico de primeira classe mundial" capaz de atrair "milhões de visitantes", segundo o comunicado, que não avança prazos.

O plano contempla uma transformação radical do centro da cidade de Wonsan, ao erguer um complexo de apartamentos de dez torres, um hotel de três estrelas, um complexo financeiro internacional, grandes armazéns, um polidesportivo e um restaurante de comida internacional.

Na periferia da cidade, ainda dentro da zona exclusiva, planeia-se a construção de um hotel de luxo de cinco estrelas, um segundo complexo financeiro e outro de escritórios, espaços de investigação científica, um centro internacional de exposições e uma biblioteca, assegurou o meio estatal.

A Coreia do Norte, que sofre uma crise económica desde os anos 1990, considera o turismo uma importante fonte de rendimentos, e desde a chegada ao poder, no final de 2011, que Kim Jong-un dedicou esforços para promover a região do sudeste do país com projetos como a estância de ski de Masik, inaugurada em janeiro de 2014.

No entanto, será difícil receber investimento estrangeiro para este tipo de projetos, já que as últimas sanções do Conselho de Segurança da ONU impõem um forte bloqueio financeiro.

O Conselho aprovou, em março, uma resolução em resposta ao quarto teste nuclear e lançamento de um 'rocket' espacial com tecnologia de mísseis balísticos nos dois meses anteriores.

A resolução contempla, entre outras medidas, fortes limitações no comércio e sanções contra bancos e ativos, o que na prática afasta a Coreia do Norte do sistema financeiro internacional.

Lusa

  • Kim Jong Un aparece em festa da juventude em Pyongyang

    Mundo

    Na Coreia do Norte, Kim Jong Un apareceu para assistir à festa da liga da juventude em Pyongyang. A celebração contou com a participação de 150 mil pessoas que receberam o líder norte-coreano em clima de festa. O evento serviu para comemorar o 9º congresso da Liga da Juventude da Coreia do Norte, que não se realizava há 23 anos.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.