sicnot

Perfil

Mundo

Exército turco mata pelo menos 20 rebeldes do PKK

O exército turco matou, na noite de quinta-feira, pelo menos 20 rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) no sudeste do país, informaram hoje a emissora CNNTürk e a agência de notícias privada Dogan.

Na mesma operação, na província de Hakkari e que contou com o apoio da força aérea turca, morreu também um soldado e outros seis ficaram feridos.

A imprensa turca assinala, também hoje, que o exército lançou outra operação contra o PKK na província de Tunceli, nordeste de Hakkari, com o apoio de helicópteros, sem que ainda se conheçam pormenores.

Noutro incidente, o PKK atacou hoje um veículo militar com uma bomba que explodiu à sua passagem numa rua na província de Bitlis, sudeste da Turquia, deixando dois soldados feridos.

O PKK e o Governo turco suspenderam em julho do ano passado um cessar-fogo que durava há mais de dois anos, e desde então morreram milhares de combatentes e centenas de soldados e agentes de segurança.

O PKK luta desde 1984 contra o Estado turco a favor de mais direitos para os 12 milhões de curdos no país.

Desde então morreram mais de 45 mil pessoas em confrontos e atentados.

Lus

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14