sicnot

Perfil

Mundo

Explosão nas Filipinas faz 12 mortos e dezenas de feridos

Uma forte explosão nas Filipinas fez pelo menos 12 mortos e dezenas de feridos. O rebentamento aconteceu por volta das onze da noite, hora local, quatro da tarde em Lisboa, num mercado situado na praça central de Davao, a cidade natal do Presidente filipino, Rodrigo Duterte. Os feridos foram encaminhados para hospitais locais.

As testemunhas falam num estrondo muito forte, que deixou longas colunas de fumo. A explosão deu-se perto de um hotel frequentado por turistas e empresários, num bairro movimentado da cidade. Desconhecem-se para já as causas.

Davao foi anteriormente palco de ataques mortíferos de islamitas radicais ou rebeldes comunistas, mas as autoridades sublinharam que é demasiado cedo para se pronunciarem sobre a origem da explosão. Horas antes a polícia nacional desmantelou um alegado plano para assassinar o presidente, que se encontrava em Davao, no momento deste incidente. Rodrigo Duterte encontra-se bem, de acordo com as autoridades .

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08