sicnot

Perfil

Mundo

Explosão nas Filipinas faz 12 mortos e dezenas de feridos

Uma forte explosão nas Filipinas fez pelo menos 12 mortos e dezenas de feridos. O rebentamento aconteceu por volta das onze da noite, hora local, quatro da tarde em Lisboa, num mercado situado na praça central de Davao, a cidade natal do Presidente filipino, Rodrigo Duterte. Os feridos foram encaminhados para hospitais locais.

As testemunhas falam num estrondo muito forte, que deixou longas colunas de fumo. A explosão deu-se perto de um hotel frequentado por turistas e empresários, num bairro movimentado da cidade. Desconhecem-se para já as causas.

Davao foi anteriormente palco de ataques mortíferos de islamitas radicais ou rebeldes comunistas, mas as autoridades sublinharam que é demasiado cedo para se pronunciarem sobre a origem da explosão. Horas antes a polícia nacional desmantelou um alegado plano para assassinar o presidente, que se encontrava em Davao, no momento deste incidente. Rodrigo Duterte encontra-se bem, de acordo com as autoridades .

  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.