sicnot

Perfil

Mundo

Putin e Erdogan querem aprofundar relações entre Rússia e Turquia

Os presidentes da Rússia e da Turquia, Vladimir Putin e Recep Erdogan, acordaram hoje o desenvolvimento de medidas para avançar nas relações entre os dois países, depois de uma reconciliação inesperada em junho após meses de crise diplomática.

"Ainda temos muito a fazer para restaurar completamente a cooperação em todos os campos. E nós vamos falar hoje", afirmou Putin a propósito de uma reunião que teve com Erdogan, em Hangzhou (leste da China), na véspera da abertura da cimeira do G20.

"A Turquia atravessa um período difícil, luta contra o terrorismo e enfrenta os graves crimes terrorista", realçou o líder russo, acrescentando que tem a certeza que quando a situação na Turquia estiver normalizada, os dois países podem avançar no caminho do aprofundamento da sua cooperação.

Por seu turno, Erdogan sublinhou que ambos os países devem dar atenção especial à adoção de medidas para "avançar" na cooperação energética entre Moscovo e Ancara, entre as quais se encontra o reavivar do projeto de gasoduto 'Corrente Turca', congelado após a sua disputa diplomática.

Este é o segundo encontro entre Putin e Erdogan em menos de um mês, depois da sua reconciliação inesperada ter ocorrido no final de junho depois de o presidente turco ter lamentado o episódio em que um avião bombardeiro russo foi abatido por violar o espaço aéreo turco, levando a uma grave crise diplomática entre os dois países.

Lusa

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.