sicnot

Perfil

Mundo

Duplo atentado em Cabul faz pelos menos 24 mortos

© Reuters

Pelo menos 24 pessoas morreram esta segunda-feira num duplo atentado suicida em plena hora de ponta nas proximidades do Ministério da Defesa afegão, em Cabul.

Ascende a 91 o número de pessoas feridas registadas no ataque, o último de uma série levada a cabo pelos talibãs, que nos últimos dias têm reforçado a ofensiva contra o Governo pró-ocidental em Cabul.

"O ataque matou 24 pessoas e feriu 91, algumas com gravidade", declarou à agência France Presse o porta-voz do Ministério afegão da Saúde, Waheed Majroh.

Este balanço pode ainda aumentar, preveniu a mesma fonte.

Um porta-voz talibã, Zabihullah Mujahid, anunciou através da rede social Twitter que o Ministério da Defesa foi o primeiro alvo do atentado e a polícia o segundo.

Os dois talibãs suicidas, que se deslocaram a pé, acionaram os respetivos cintos de explosivos com poucos minutos de intervalo, com o objetivo de fazer o maior número possível de vítimas entre os funcionários que deixavam na altura o ministério para regressar a casa.

"A primeira explosão aconteceu numa ponte junto ao Ministério da Defesa. Quando soldados, polícias e civis acorreram ao local, uma segunda explosão foi produzida", indicou à AFP o porta-voz do Ministério da Defesa, Mohamad Radmanish.

O Presidente afegão, Ashraf Ghani, condenou o atentado, considerando que "os inimigos do Afeganistão estão em vias de perder no terreno a batalha contra as forças de segurança".

"É por isso que atacam autoestradas, cidades, mosteiros, escolas e pessoas comuns", acrescentou o chefe de Estado afegão através de um comunicado.

No passado dia 25 de agosto, um assalto que durou mais de dez horas contra a Universidade Americana do Afeganistão em Cabul fez 16 mortos, sendo que dois professores estrangeiros desta universidade, um norte-americano e um australiano, já haviam sido raptados junto das instalações universitárias algumas semanas antes.

Nenhum grupo reivindicou estes raptos e ignora-se até agora onde se encontram os dois professores.

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.