sicnot

Perfil

Mundo

Ex-Presidente francês pode ser julgado por fraude financeira na campanha em 2012

reuters

O ex-Presidente francês François Sarkozy, que anunciou já estar na corrida às presidenciais de 2017, poderá ser julgado em tribunal por um alegado financiamento ilegal da campanha eleitoral em 2012, indicou hoje fonte ligada à investigação.

Segundo a fonte, citada pela agência France Presse, a acusação está a pedir que todos os que estão a ser acusados sejam julgados em tribunal.

A decisão está agora nas mãos da Justiça, que terá de decidir se seguirá as recomendações do Ministério Público.

Sarkozy enfrenta acusações de alegada fraude contabilística, o que permitiu exceder largamente os limites dos gastos da campanha em 2012, em que saiu derrotado.

O caso envolve sobretudo a atividade da empresa de relações públicas francesa Bygmalion, que organizou várias iniciativas da campanha de Sarkozy e é acusada de ter utilizado um complexo sistema de contabilidade falsa.

Segundo a acusação, a Bygmalion cobrou cerca de 18,5 milhões de euros ao partido de Sarkozy - na altura a União por um Movimento Popular (UMP), mas entretanto rebatizado como Republicanos -, em vez de apresentar a fatura à direção da campanha.

Como consequência, refere a acusação, na campanha, a candidatura de Sarkozy excedeu largamente o limite das despesas permitidas, fixadas em 22,5 milhões de euros.

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.