sicnot

Perfil

Mundo

G20 quer rápida implementação de Acordo de Paris sobre o clima

© Reuters

Os países membros do G20 concordaram esta segunda-feira em "realizar esforços" para que o Acordo de Paris contra as alterações climáticas (COP21) "entre rapidamente em vigor e seja implementado", anunciou o Presidente chinês, Xi Jinping.

O anúncio de Xi, feito no encerramento da cimeira do G20, que se realizou na cidade chinesa de Hangzhou, surge após China e EUA terem ratificado este fim de semana o COP21.

O Acordo de Paris deverá substituir o Protocolo de Quioto a partir de 2020, mas a sua entrada em vigor depende do apoio de pelo menos 55 países, que no conjunto representem 55% das emissões de gases com efeito de estufa.

China e EUA representam 38% do conjunto mundial de emissões de gases poluentes, pelo que a ratificação de Pequim e Washington torna viável que o COP21 entre em vigor a curto prazo.

Na véspera da cimeira do G20, o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, disse sentir-se "otimista", sobre a possibilidade de o acordo se tornar vinculativo já este ano.

O Presidente francês, François Hollande, um dos principais impulsionadores do COP21, afirmou que o seu principal objetivo é "fazer com que [o acordo] seja ratificado o mais rapidamente possível".

Já o Presidente do Brasil, Michel Temer, confirmou em Hangzhou que formalizará brevemente o compromisso.

Xi Jinping apontou hoje que o acordo, que mereceu o apoio das principais economias desenvolvidas e emergentes, é um sinal de que o "G20 pertence não só aos países-membros, mas a todo o planeta.

Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.